Cuiabá, quarta-feira, 12/05/2021
01:51:28
informe o texto

Notícias / Política

12/04/2021 às 13:15

CPI: 'Falei mais coisa', diz Bolsonaro sobre gravação feita por Kajuru

A apoiadores, presidente reclamou de ter tido conversa com senador gravada, mas disse que outros trechos do diálogo podem ser divulgados

Metrópoles

CPI: 'Falei mais coisa', diz Bolsonaro sobre gravação feita por Kajuru

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reclamou, na manhã desta segunda-feira (12/4), da gravação e divulgação de conversa com o senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), na qual trataram da CPI da Covid. Apesar da indignação, Bolsonaro afirmou que falou de outras coisas no diálogo e pediu a divulgação dos demais trechos.“Eu fui gravado numa conversa telefônica, tá certo? A que ponto chegamos no Brasil aqui?”, iniciou Bolsonaro a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.Um apoiador classificou o ato de vazamento. Bolsonaro respondeu: “Não é vazar, é te gravar. A gravação é só com autorização judicial. Agora, gravar o presidente e divulgar… E outra: só para controle, falei mais coisa naquela conversa lá. Pode divulgar tudo da minha parte, tá?”

O senador afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que avisou ao presidente que publicaria a conversa com 20 minutos de antecedência e o mandatário não tentou impedir a publicação. Segundo o senador, Bolsonaro teria dito: “Tudo bem, tudo que falei está falado”.

Na conversa, divulgada pelas redes sociais de Kajuru na tarde de domingo (11/4), o chefe do Executivo defende que o parlamentar peça a ampliação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para que sejam investigados também os governadores e prefeitos.

A comissão deve investigar as omissões do governo federal no combate à pandemia. O assunto divide opiniões entre os senadores, que estavam adiando sua instalação.

Na última semana, o ministro do Supremo Tribural Federal (STF) Luís Roberto Barroso determinou que a situação seja investigada. A decisão será analisada pelo plenário da Corte na próxima quarta-feira (14/4).

Isolamento social

Nesta segunda, Bolsonaro voltou a criticar medidas tomadas por governadores e prefeitos para conter a disseminação do vírus, tais como o fechamento do comércio, e os chamou de “protótipos de ditadores”.

“Tem que restabelecer o direito de ir e vir no Brasil, né?”, afirmou. “Problema aqui é mais sério do que se possa imaginar, tá pessoal? Nós estamos vendo alguns de protótipos de ditadores por aí fazendo barbaridades em seus estados.”

Aos apoiadores, ele disse ainda que o fechamento do comércio indica que o socialismo está “cada vez mais perto de vocês”.

A conversa de Bolsonaro com apoiadores foi divulgada por um canal no YouTube simpático ao presidente.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet