Cuiabá, sexta-feira, 14/05/2021
19:08:45
informe o texto

Notícias / Polícia

13/04/2021 às 11:25

Mulher é presa por envolvimento em roubos de cargas e caminhões

A suspeita com a ordem de prisão decretada pela Comarca de Paranatinga foi localizada pelos policiais da GCCO em Várzea Grande

Leiagora

Mulher é presa por envolvimento em roubos de cargas e caminhões

Foto: Reprodução

Uma mulher alvo de investigações da Polícia Civil de Paranatinga (373 km ao sul de Cuiabá) apontada como integrante de uma associação armada envolvida em roubos de cargas e caminhões teve o mandado de prisão preventiva cumprido, na manhã de segunda-feira (12), em ação realizada pelos policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

A suspeita de 25 anos que estava com a ordem de prisão preventiva decretada pela Primeira Vara Criminal e Cível de Paranatinga foi localizada pelos policiais da GCCO em uma residência no bairro Imperador, em Várzea Grande.

A jovem é uma das investigadas em três inquéritos policiais instaurados na Delegacia de Paranatinga que identificaram uma associação criminosa armada envolvida em roubos de cargas, caminhões e peças, ocorridos entres os meses de setembro e outubro no município.

Investigações e prisões

A associação criminosa que atua de forma violenta, com emprego de arma de fogo, rende os motoristas de caminhões, e procedem com o roubo da carga e também do veículo foi identificada em investigações da Delegacia de Paranatinga.

Ao todo foram investigados três fatos ocorridos no entorno da cidade, sendo possível a identificação dos autores e o consequente pedido de prisão preventiva dos integrantes do grupo criminoso representado pelo delegado Hugo Abdon de Araujo Lima. Ao todo foram cinco mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão expedidos pela Justiça.

Os mandados foram cumpridos pela equipe da Delegacia de Paranatinga com apoio dos policiais da GCCO em operação realizada no dia 25 de março nas cidades de Campo Verde e Várzea Grande, porém na ocasião a suspeita não foi localizada e continuava foragida.

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a unidade tem procurado estar próximo as delegacias do interior do estado com o objetivo de desarticular associações criminosas. “Estamos tentando estar mais próximo dos colegas do interior, dando todo suporte nas investigações desses crimes mais graves, principalmente roubo de cargas e correlatos”, disse o delegado.

 
Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet