Cuiabá, quinta-feira, 13/05/2021
02:38:47
informe o texto

Notícias / Esporte

02/05/2021 às 10:17

Brasil não classifica duplas dos saltos ornamentais para Olimpíada

Copa do Mundo do Japão é também pré-olímpico para os Jogos de Tóquio

Leiagora

Brasil não classifica duplas dos saltos ornamentais para Olimpíada

Isaac Souza e Kawan Pereira

Foto: Reprodução

O primeiro dia da Copa do Mundo de saltos ornamentais, em Tóquio (Japão), não foi como o desejado pelos brasileiros. Na madrugada de sábado (1º), Isaac Souza e Kawan Pereira (plataforma sincronizada dez metros masculina) e Anna Lúcia Santos e Luana Lira (trampolim sincronizado de três metros femininos) não se classificaram às respectivas finais. Como o evento funciona como pré-olímpico da modalidade, o país não terá representantes nestas provas nos Jogos, que também serão na capital japonesa.

Finalistas no Mundial de Esportes Aquáticos de 2019, em Gwangju (Coreia do Sul), Isaac e Kawan realizaram seis saltos sincronizados e concluíram a fase preliminar na 13ª posição, com 329.16 pontos, cerca de oito pontos atrás dos italianos Andeas Larsen e Eduard Gugiu, que ficaram em 12º e ficaram com a última vaga da final da plataforma de dez metros. Após o terceiro salto, a dupla brasileira chegou a estar em oitavo lugar, mas não conseguiu manter a boa sequência de notas.

A parceria britânica, entre Thomas Daley e Matthew Lee, foi campeã da Copa do Mundo, com os mexicanos Randal Willars e Ivan Garcia em segundo lugar e os canadenses Vincent Riendeau e Nathan Zsombor-Murray em terceiro. As duplas de México e Canadá, além das de Ucrânia (quarto lugar) e Coreia do Sul (quinto) se classificaram para Tóquio. A do Reino Unido já estava garantida pela terceira posição no Mundial, há dois anos.

Anna Lúcia e Luana, por sua vez, finalizaram a fase preliminar do trampolim de três metros na 16ª e última colocação. Elas se mantiveram entre as 12 primeiras após os três primeiros saltos. Nos dois últimos, as notas baixaram sensivelmente e as brasileiras caíram na classificação geral.

A prova teve as chinesas Yani Chang e Yiwen Chen como vencedoras, com as canadenses Jennifer Abel e Mélissa Citrini-Beaulieu em segundo. Com os dois países já assegurados na Olimpíada por conta do Mundial, a medalha de bronze às italianas Elena Bertocchi e Chiara Pellacani as classificou para a Olimpíada, juntamente das parcerias de Alemanha (quarto), Estados Unidos (quinto) e Reino Unido (sexto).

A Copa do Mundo continua para os brasileiros neste domingo (2), às 21h (horário de Brasília), com eliminatórias do trampolim de três metros feminino. Anna Lúcia e Luana estão na disputa, que é individual.

Em seguida, na madrugada de segunda-feira (3), a partir de 0h30, começa a fase preliminar da plataforma de dez metros masculina, com Isaac e Kawan representando o Brasil. As semifinais das duas provas estão marcadas, respectivamente, para 4h45 e 6h45 da própria segunda.

 
Da Agência Brasil

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet