Cuiabá, quinta-feira, 13/05/2021
02:00:41
informe o texto

Notícias / Geral

03/05/2021 às 16:33

Vídeo | Cuiabá vacinará mais de 2 mil garis e população vulnerável nos locais de trabalho

Segundo o prefeito Emanuel Pinheiro, é necessário que alguns trabalhadores estejam cadastrados junto a Prefeitura

Da Redação - Camilla Zeni / Da Reportagem Local - Kamila Arruda

Pouco mais de 2,2 mil pessoas que compõem o grupo de vulnerabilidade social estipulado pela Prefeitura de Cuiabá começarão a ser vacinados contra a covid-19 nesta semana. O lançamento do novo grupo prioritário foi feito na tarde desta segunda-feira (3), no Palácio Alencastro. 

De acordo com o prefeito, Emanuel Pinheiro (MBD), compõem o novo grupo os carroceiros, catadores de recicláveis, varredores de rua, garis e motoristas do transporte coletivo. "São trabalhadores extremamente expostos na sua labuta diária e que mereciam esse acolhimento, respeito, e essa consideração e prioridade", comentou o gestor. 

Segundo a Prefeitura, os trabalhadores serão vacinados nas unidades de trabalho de cada área de atuação. Os motoristas de transporte público, por exemplo, serão vacinados pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) nas garagens de ônibus, enquanto os varredores de rua e garis serão organizados pela Secretaria de Serviços Urbanos.

Leia também - Em Cuiabá, vacinas da Pfizer serão aplicadas em gestantes e portadores de comorbidades 

Em relação aos catadores de recicláveis, porém, a Prefeitura de Cuiabá informou que ainda estuda como poderá atendê-los. Destacou, ainda, que serão imunizados apenas os que são registrados na Prefeitura. 

Apesar de não divulgar a data exata de cada vacinação, o prefeito garantiu: “Durante essa semana, até o decorrer de semana que vem, teremos todos os dois mil trabalhadores devidamente vacinados".

Grávidas de risco e Síndrome de Down

No lançamento do novo grupo prioritário, o prefeito também anunciou a vacinação de grávidas de risco e portadores da síndrome de Down, avançando o grupo prioritário de pessoas com comorbidades. Por enquanto, apenas portadores de câncer em tratamento e pessoas com doença renal que já fazem hemodiálise podem ser vacinados. 

Segundo Emanuel, a intenção é que os portadores de Down sejam vacinados diretamente na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Já em relação ao grupo de grávidas de alto risco, o levantamento do público-alvo ainda está sendo realizado. Entretanto, esse grupo ainda aguarda a chegada das vacinas da Pfizer, que são aplicadas exclusivamente a eles e aos portadores de comorbidades.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet