Cuiabá, quinta-feira, 13/05/2021
02:52:52
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

04/05/2021 às 13:54

Proporção de famílias endividadas sobe para 67,5% em abril, diz CNC

A alta do endividamento já era esperada, diante dos impactos da pandemia

Estadão Conteúdo

Proporção de famílias endividadas sobe para 67,5% em abril, diz CNC

Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

O número de famílias com dívidas no País alcançou em abril 67,5% do total de entrevistados na Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), uma alta de 0,2 ponto porcentual (p.p.) em relação a março de 2021, a quinta seguida. Em relação a abril de 2020, houve alta de 0,9 p.p.

Com isso, o número de endividados alcançou nível recorde, igualando o patamar de agosto do ano passado.

Para a CNC, a alta do endividamento já era esperada, diante dos impactos da pandemia de covid-19 sobre a renda dos consumidores.

O crescimento da proporção de famílias endividadas, por si só, não é um fenômeno preocupante, desde que os avanços não sejam acompanhados de altas significativas da inadimplência.

A Peic de abril apontou que, pelo oitavo mês consecutivo, a proporção de famílias que têm dívidas em atraso caiu, alcançando 24,2%, 1,1 p.p. abaixo do apurado em igual período de 2020.

"A parcela dos brasileiros que declararam que não terão condições de pagar contas ou dívidas e que permanecerão inadimplentes também caiu ligeiramente, na passagem mensal, para 10,4%, mas teve alta de 0,5 ponto porcentual em relação a abril passado", diz a nota divulgada pela CNC.

Para medir o endividamento, a Peic leva em consideração todos os tipos de dívida, e não apenas empréstimos tomados junto a bancos.

A modalidade responsável pela maior parte do endividamento é o cartão de crédito. Em abril, 80,9% das famílias com dívidas recorreram a essa modalidade, recorde histórico, informou a CNC.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet