Cuiabá, quarta-feira, 23/06/2021
01:50:20
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

12/05/2021 às 17:40

Inflação nos EUA faz dólar subir e ultrapassar R$ 5,30

Bolsa recua 2,65% e tem pior desempenho diário desde março

Leiagora

Inflação nos EUA faz dólar subir e ultrapassar R$ 5,30

Foto: Reuters/Marcos Brindicci/Direitos Reservados

O aumento na inflação dos Estados Unidos provocou impactos no mercado financeiro em todo o planeta nesta quarta-feira (12). O dólar reverteu a queda dos últimos dias e voltou a ficar acima de R$ 5,30, e a bolsa de valores retornou aos 119 mil pontos e teve o pior desempenho diário desde março.

O dólar comercial fechou o dia vendido a R$ 5,306, com alta de R$ 0,083 (+1,58%). A moeda norte-americana chegou a operar em queda durante a maior parte da manhã, mas reverteu o movimento por volta das 12h, quando foi divulgada a inflação norte-americana em abril. Apesar da alta de hoje, a divisa acumula queda de 2,33% em maio e valorização de 2,25% em 2021.

A tensão no câmbio também repetiu-se no mercado de ações. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 119.710 pontos, com recuo de 2,65%. O indicador, que ontem tinha encostado em 123 mil pontos, teve a maior queda para um dia desde 8 de março.

A bolsa foi influenciada por Wall Street, onde os principais índices encerraram em forte queda. O Dow Jones, das empresas industriais, caiu 1,99%; o Nasdaq, das empresas de tecnologia, recuou 2,67%; e o S&P 500, das 500 maiores empresas, perdeu 2,15% hoje.

A inflação norte-americana em abril somou 0,8%, o maior resultado para o mês em 12 anos. O número veio acima das expectativas do mercado, que previa, em média, inflação de 0,2%.

Apesar de o nível de emprego nos Estados Unidos estar reagindo menos que o esperado, o repique da inflação aumentou as apostas de que o Federal Reserve (Banco Central norte-americano) começará a reajustar os juros básicos da maior economia do planeta antes de dezembro de 2022. Desde o ano passado, a taxa está numa faixa entre 0% e 0,25% ao ano, por causa do impacto econômico provocado pela pandemia de covid-19.
Agência Brasil

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet