Cuiabá, quarta-feira, 04/08/2021
21:41:02
informe o texto

Notícias / Judiciário

25/05/2021 às 11:06

Antenor Figueiredo é indiciado por fraude à licitação e desvio de recursos públicos

A falha no contrato gerou um prejuízo de R$ 500 mil à prefeitura. O inquérito foi concluído nessa segunda-feira e encaminhado para a Justiça

Camilla Zeni

Antenor Figueiredo é indiciado por fraude à licitação e desvio de recursos públicos

Foto: Gustavo Duarte

O ex-secretário de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) Antenor Figueiredo foi indiciado por fraude em licitação e peculato, ou seja, desvio de recursos públicos, pelo contrato de semáforos inteligentes na Prefeitura de Cuiabá. 

O inquérito, conduzido pela Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deccor), foi concluído nessa segunda-feira (24) e encaminhado à Justiça. O documento deverá ser remetido para o Ministério Público, que poderá denunciá-lo nos próximos dias.

A investigação foi iniciada por auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que identificaram diversas irregularidades no sistema inteligente adquirido pela Prefeitura. 

Segundo o TCE, o sistema, que foi adquirido por meio de uma ata do município de Aracajú (SE) ao custo de R$ 15, 4 milhões, não era compatível com o tráfego e o sistema de transporte de Cuiabá. Isso porque em Aracajú já está em funcionamento o ônibus de trânsito rápido (BRT). Em Cuiabá, porém, o modal não existe. 

Por conta da falha no contrato, a Capital mato-grossense teria sofrido prejuízo de R$ 553,8 mil

Em razão dos inícios, a Deccor deflagrou, em 5 de maio, a Operação Sinal Vermelho, com autorização da juíza Ana Cristina Silva Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá. Ela também determinou o afastamento do secretário Antenor. Ele, porém, foi exonerado pela Prefeitura no mesmo dia - postura que o Executivo tem adotado quando seus gestores são alvos de investigação.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet