Imprimir

Imprimir Notícia

19/11/2019 às 17:00

Cerca de 4 mil servidores podem se aposentar com 45 anos e supersalários

Alline Marques

Cerca de 4 mil servidores públicos estaduais recebem acima de R$ 30 mil, alguns chegam até quase R$ 50 mil, e com pouco mais de 45 anos já podem solicitar a aposentadoria garantindo o benefício integral. Esta é a regra atual da previdência, mas o governador Mauro Mendes (DEM) pretende alterar norma com uma proposta de igualar à realidade da maioria da população.

O Portal Leiagora fez um levantamento e chegou a encontrar um procurador que acumulou em outubro um salário de R$ 47 mil, devido algumas vantagens ou subsídios nos salários que acabam complementando a renda. Aliás, os procuradores são algumas das carreiras com maiores salários, além deles, estão delegados, procuradores, auditores, coronéis e fiscais de tributos.

O governador demonstrou indignação com o fato ao citar o exemplo de um delegado que se aposentou aos 45 anos com salário de R$ 35 mil. Na proposta feita pelo governo, além da alteração na idade, que deve ficar em torno de 65 para homens e 62 para mulheres, há ainda o teto, sendo assim, ao se aposentar o servidor receberá o valor de R$ 5.800, independente de quanto ganha no final da carreira. A explicação é do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

Ele aponta que o déficit, atual, da Previdência é de R$ 150 milhões por mês, o que em 10 anos deve chegar a R$ 30 bilhões. E dentro deste período a expectativa é de que o governo passe a ter mais aposentados do que servidores ativos, o que agravaria ainda mais a situação, comprometendo não apenas as finanças, mas também o atendimento ao cidadão.
 
 Imprimir