Cuiabá, quarta-feira, 24/07/2024
16:37:29
informe o texto

Artigos / Colunas / Paulinho do Hipismo

03/08/2020 às 10:41

O melhor de nós

O ano de 2020 entrará para história como o “ano do coronavírus”, a terrível pandemia que mudou a vida de todo o planeta. Mas também será conhecido como o ano que trouxe o melhor de nós, mostrando que ser solidário, termos empatia e amor ao próximo, não é uma “obrigação”, mas sim, um compromisso com a nossa humanidade.

Ao fazer parte de um veículo de comunicação, tive a oportunidade de me deparar com várias histórias, algumas boas, outras ruins, mas nada se compara com toda a experiência que absorvi nos últimos meses de pandemia. Nesse período, conheci médicos voluntários que distribuem medicação de forma gratuita em bairros carentes, descobrindo na comunicação, a ferramenta necessária para levar auxílio aos que precisam.

Foi durante a pandemia que visitei, pela primeira vez, a entidade filantrópica que recebe os portadores do vírus HIV, que conheci o Instituto dos Cegos de MT, visitei pessoas que praticamente “moram” no lixão, conheci histórias, mas acima de tudo, ajudei.

Hoje não venho neste espaço para falar sobre as minhas boas ações, as entidades que ajudei, ou doações que realizamos para o combate da Covid-19. Venho neste espaço para falar como é “ser” humano, dando destaque para o “ser”, pois ainda existem pessoas que, mesmo com todas as mortes que nos cerca, são incapazes de exercer sua humanidade.

Com quase dois mil mortos no Estado, o que mais escuto nos bastidores da imprensa é sobre a má política e seus gestores, a criação de uma CPI para investigar o prefeito de Cuiabá, irregularidades no atendimento de pacientes com Covid-19, denúncia para investigar a destinação dos mais de R$ 50 milhões enviados pelo governo federal e favorecimento na destinação de mídias publicitárias para TV de um político, este último realizado na ordem de R$ 539 mil, com dispensa de licitação.

Por isso digo que a pandemia trouxe o “melhor de nós”. Para muitos, cujo seu altruísmo não deixa a desejar, este período de perdas e isolamento serviu para reflexão, para outros, reprovados no quesito bondade e honestidade, nos resta fiscalizar, cobrar e denunciar, como seguimos fazendo.

Paulinho do Hipismo

Paulinho do Hipismo
é empresário em Mato Grosso 
ver artigos
 
Sitevip Internet