Cuiabá, segunda-feira, 17/06/2024
22:38:43
informe o texto

Artigos / Colunas / Paulinho do Hipismo

30/09/2020 às 09:39

Poesia não é melhor do que Polícia

“Zapiando” as redes sociais nos últimos dias, me deparei com o seguinte post: “+ Poesia e - Polícia” (sic), por pura coincidência, ou não, pois acredito que para tudo existe um motivo, na mesma semana me deparei com a notícia de que a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso (PMMT) salvou a vida de um recém-nascido que teria se afogado em uma banheira. E como se o salvamento do bebê já não fosse o suficiente, dois dias depois me deparei com outra notícia de heroísmo da PMMT, desta vez, os agentes da segurança pública salvaram outro recém-nascido de um engasgamento. Daí, como fã dos agentes de segurança do nosso Estado, resolvi reservar um espaço totalmente dedicado a eles, os profissionais que colocam suas vidas em risco para a nossa segurança.

Comecei a pesquisar as ações da PM de MT e pensar nas razões que um cidadão poderia ter para não gostar ou defender a categoria. Então, procurei e não achei. O que achei foi ações beneficentes, ações de conscientização e de altruísmo.

Na primeira pesquisa, fora os dois atos de heroísmos citados lá no primeiro parágrafo, encontrei em nossos registros uma matéria realizada ainda no ano de 2018, no qual damos notoriedade ao projeto “Jiu-jitsu Rotam”, que tem como ponto principal, oferecer de forma gratuita aulas da arte marcial. O projeto atende crianças em situação de risco e tem como proposta moldar e dar disciplina aos jovens.

Lembrando que esta coluna sobre a PM se deu ao fato de uma publicação que vi em minhas redes sociais, “+ Poesia e - Polícia”. Encontrei outra matéria na qual a guarnição da Rotam (Ronda Ostensiva Tática Móvel), chegou de surpresa no aniversário de um garoto de apenas 4 anos de idade. Daí eu te pergunto, como expressar de forma nada subliminar, que as ações da PM devem ser colocadas em segundo plano? Devemos enaltecer a nossa Polícia, não o contrário. Só fico aqui imaginando a felicidade desta criança e dos seus pais.

Por fim, para colocar um fim nesse “mimimi”, prefiro ter a PM ao meu lado em uma situação de perigo, ao invés de recitar um poema para um bandido. Fecho com chave de ouro a última notícia em que li, pois já dizia o velho ditado: “contra fatos, não há argumentos”.

Para aqueles que recriminam e “endemonizam” a PM, informo que as escolas militares de Mato Grosso se destacaram na prova que avalia o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), realizada em todo o país.

Então, e somente para aqueles que “endemonizam” a PM, informo que os nossos profissionais são os mais qualificados e humanos com os que podemos contar. Existem aqueles que mancham a imagem da instituição? Claro que sim! Da mesma forma que temos juízes corruptos, políticos flagrados em vídeos recebendo propina, pessoas que recebem o auxilio emergencial do coronavírus sem precisar. As sementes ruins estão em todo lugar, cabe a nós fazer a diferença.

Paulinho do Hipismo

Paulinho do Hipismo
é empresário em Mato Grosso 
ver artigos
 
Sitevip Internet