Cuiabá, segunda-feira, 17/01/2022
15:24:31
informe o texto

Notícias / Geral

15/01/2022 às 10:30

Centro especializado no atendimento a diabéticos e obesos deve zerar fila do SUS

Cerca de 2 mil pacientes aguardam consultas com endocrinologista em Rondonópolis

Leiagora

A cada cinco segundos, uma pessoa morre por diabetes no mundo, de acordo com o levantamento da Federação Internacional de Diabetes. O município de Rondonópolis contabiliza diversos casos de pacientes adultos e crianças com obesidade e diabetes e a demanda reprimida de consultas com endocrinologistas está próxima dos 2 mil pacientes na fila de espera.
 
O município inaugurou, na quinta-feira (13), uma unidade de saúde especializada para atendimento deste tipo de casos. O Centro de Diabetes e Endocrinologia de Rondonópolis (Cedero) conta com uma equipe multidisciplinar composta por quatro médicos endocrinologistas, sendo um deles endocrinologista pediatra; nutricionista, psicólogo; assistente social, enfermeiros e técnicos de enfermagem.
 
O atendimento é totalmente gratuito, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas é necessário que o paciente passe pelo atendimento na Atenção Básica, para que seja regulado e tenha acesso ao serviço de saúde recém-inaugurado.
 
A criação do Cedero nasceu do projeto de lei do vereador subtenente Guinâncio (PSDB), em seu primeiro mandato, ainda em 2017. De acordo com o parlamentar, toda tramitação dentro da Câmara Legislativa, a interlocução com a classe médica para levantar a real necessidade, fizeram com que o projeto tomasse corpo e fosse aprovado.
 
“Percebemos que Rondonópolis tinha urgência deste tipo de iniciativa. Nós que temos casos de diabéticos e obesos na família ou que vimos pessoas passarem por uma amputação de membros, nos sensibilizamos com isso. O atendimento especializado vai amenizar o sofrimento dessas pessoas e promover mais qualidade de vida para elas”, pontuou o vereador.
 
Além disso, Guinâncio também destacou que a nova unidade de saúde pode se tornar uma referência em Mato Grosso, trazendo novas pesquisas e estudos para a evolução da Medicina Endocrinológica.
 
Assessoria
Clique AQUI e entre no grupo de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

A vacina da Pfizer contra a covid-19 foi aprovada para crianças de 5 a 11 anos. Você pretende levar seu filho(a) nesta faixa etária para vacinar contra a covid-19?

Você deve selecionar uma opção
Enquetes
 
Sitevip Internet