Cuiabá, terça-feira, 25/06/2024
05:48:36
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

29/01/2024 às 11:25

ESTUDO

Governo Federal deve oferecer linha de crédito a produtores para minimizar queda na safra

A medida deve ser adotada de forma preventiva, a fim de fazer com que haja inadimplência e recuperações judiciais

Kamila Arruda

Governo Federal deve oferecer linha de crédito a produtores para minimizar queda na safra

Foto: © Wenderson Araujo/Trilux

O Governo Federal deve oferecer linhas de créditos aos produtores rurais, a fim de amenizar os impactos que a estiagem vem causando em setores do agronegócio. A medida deve ser adotada de forma preventiva, a fim de fazer com que não haja inadimplência e recuperações judiciais.

O ministro da Agricultura e Abastecimento, senador Carlos Fávaro (PSD), afirma que está fazendo todo um levantamento sobre o atual cenário, levando em consideração a projeção de queda na safra, para que isso possa ser trabalhado.

“Eu conversei com o presidente Lula nesta semana, marcamos que eu possa levar a leve todo um cenário da agropecuária brasileira, em especial do Centro-Oeste, e aqui no Mato Grosso que tivemos uma seca sem precedentes, nunca tivemos uma seca como essa que quebrou muito a safra, e aliado aos preços das comodities que foram muito afetados”, disse o social-democrata em evento realizado no município de Sorriso na última sexta-feira (26).

Ele afirma que já deu uma prévia sobre o cenário ao chefe da Republica, mas deve voltar a tratar do assunto com ele nos próximos dias.

“Expliquei um pouco desse cenário ao presidente, ele me pediu para levar a ele algumas propostas, para que com a experiencia adquirida a gente possa agir preventivamente, antes de inadimplência, antes de começar uma onda de recuperações judiciais”, completou, lembrando da medida provisória utilizada no ano de 2008, a qual “salvou” produtores que tinham endividamento.

Antes disso, Fávaro afirma que irá se reunir com o ministro da Fazenda Fernando Haddad para ver a viabilidade das linhas de crédito.

Cenário de Mato Grosso

Conforme pesquisa realizada pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), a safra de soja 2023/24 deve quebrar em 21.

O levantamento aponta que a produção nessa safra deve ser de 35,75 milhões de toneladas, uma redução de 9,56 milhões de toneladas em relação à safra 2022/23, quando os sojicultores colheram 45,31 milhões de toneladas. 
 
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet