Cuiabá, sábado, 28/11/2020
20:55:56
informe o texto

Notícias / Leia Rápido

02/07/2018 às 11:34

Esquerdista Obrador é o novo presidente do México

Maisa Martinelli

Andrés Manuel López Obrador, apelidado de AMLO, é o novo presidente do México, segundo os primeiros dados oficiais das eleições presidenciais que ocorreram neste domingo (1º) no país.

?Convoco todos os mexicanos à reconciliação e a colocar acima dos interesses pessoais, por mais legítimos que sejam, o interesse superior", disse ele, após os primeiros resultados apontarem sua vitória.

Os primeiros números oficiais mostraram que Obrador, esquerdista do Partido Morena, deve receber entre 53% e 53,8% dos votos, ficando bem à frente do segundo colocado, o conservador Ricardo Anaya, do Partido de Ação Nacional (PAN), que deverá obter entre 22,1% e 22,8%, e do candidato que ficou em terceiro lugar, José Antonio Meade (Partido Revolucionário Institucional (PRI), que ficará entre 15,7% e 16,3%.

O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, parabenizou a vitória de AMLO. "Sua equipe de trabalho contará com a colaboração do governo da República para uma transição ordenada e eficiente", disse. Meade, ex ministro da Fazenda e do Exterior no governo Nieto, desejou sucesso ao novo presidente, ?pelo bem do México?.

Obrador, de 64 anos, ganhou as eleições mexicanas após duas tentativas frustradas, em 2006 e 2012, quando ele atribuiu sua derrota a fraude eleitoral.  "A paz e a tranquilidade são frutos da Justiça. Vou elaborar um plano de reconciliação e de paz para o México, que aplicaremos desde o início do governo", afirmou ele após sua vitória.

A campanha eleitoral desse ano foi considerada por vários especialistas como a mais violenta da história mexicana, onde 133 políticos ou ativista envolvidos nas eleições morreram, vítimas de homicídios. Diante nisso, AMLO optou por uma campanha mais cautelosa, prometendo ?não espionar nem reprimir? e assegurar o ?direito à crítica e à divergência?.

Considerado por muitos como o melhor comunicador do país, ele decidiu ainda moderar sua retórica de esquerda e parece estar aberto a alianças, se aproximando de setores empresariais.

A vitória de Obrador repercutiu em outros países também. Nos Estados Unidos, país vizinho do México, o presidente Donald Trump parabenizou o líder esquerdista, revelando o desejo de ?trabalhar com ele?, visando benefícios para ambos os países.

O assessor de segurança nacional de Trump, John Bolton, já previa que se Obrador ganhasse as eleições, sua relação com o presidente norte-americano poderia ?produzir resultados surpreendentes?.

O novo presidente toma posse no dia 1º de dezembro.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet