Cuiabá, sexta-feira, 19/07/2019
16:41:38
informe o texto

Notícias / Variedades

12/03/2019 às 11:40

Aaron Carter defende Michael Jackson e diz que quer socar quem acusa o cantor de abusos

Redação Leiagora

Desde que estreou, Leaving Neverland, documentário que acusa Michael Jackson de ter abusado de diversas crianças em seu rancho, Neverland, tem causado muitas polêmicas. Isso porque a produção da HBO traz depoimentos de pessoas que conviveram com o cantor no passado e há uma divisão: há quem defenda o Rei do Pop e quem o acuse veementemente.

Dessa vez, quem indicou que está do lado do cantor é Aaron Carter, irmão mais novo de Nick Carter, que conviveu bastante com Michael. Ao TMZ, ele demonstrou estar bem bravo com um dos acusadores, Wade Robson, que inclusive teria arrastado o nome de Aaron para toda essa confusão.

No Twitter, um usuário comentou:

Wade Robson é um mentiroso!!! Estou muito desapontado com você, mas não estou surpreso. Que vergonha!

Como resposta, Wade respondeu:

Não estou sozinho, pergunte para o Aaron Carter.

Com isso, Aaron quis esclarecer o seu lado da história e ainda defender Michael das acusações que, segundo ele, nunca fez nada contra Aaron. Na época dessa amizade, o cantor pop tinha 15 anos de idade e lembra de se divertir como nunca e via em Michael um ídolo que o ajudou bastante no começo de sua carreira.

Ao conversar com o TMZ, Aaron falou mandou um recado diretamente para Wade:

- Você é um adulto. E quando Michael Jackson estava vivo, você estava apoiando ele, puxando o saco dele, estava lá por ele, testemunhando a favor dele. E quando ele morre você decide que é uma ótima época para falar? Não, o que você está fazendo é, na verdade, pisar no túmulo de um ícone e de uma lenda - você está pisando no túmulo dele. Por que não fazer isso quando ele estava vivo? Por que não fazer isso quando ele estava sendo acusado de todas essas alegações de abuso? Por que não fazer isso e realmente indiciar um perpetrador?

Além disso, contou que baseado em sua experiência, não acredita que Michael realmente tenha abusado de crianças:

- Eu saía com Michael Jackson, eu ficava na casa dele. Eu fiquei no quarto dele.

Por fim, ainda demonstra que, de tanta indignação, gostaria de socar a cara de Wade:

- Wade, estou muito desapontado. Você tentou arrastar o meu nome para essa m****. Eu posso ser um cantor de pop, mas se você vier para cima de mim, eu te socaria na cara. Porque o que você está fazendo é pisar no túmulo de alguém. De alguém que esteve lá por você, te ensinou coisas. E aí vocês falam que foram molestados... é difícil para mim entender. Como eu posso entender quando a minha experiência foi gentil, bonita, amorosa e acolhedora?

O TMZ, depois, atualizou a matéria e indicou que, segundo o próprio Wade disse por meio de seu advogado, aquela conta de Twitter não pertence a ele e que desde a estreia do documentário, diversas contas em redes sociais falsas em nome de Wade foram criadas.

Direto da Redação, Estadão Conteúdo

Enquete

Qual seu posicionamento em relação a Reforma da Previdência?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet