Cuiabá, domingo, 19/05/2019
23:14:54
informe o texto

Notícias / Política MT

10/04/2019 às 17:02

‘Redução de despesas pode asfixiar o Estado’, diz Lúdio

Lúdio enfatizou que o governo tem uma preocupação excessiva nas despesas, quando é preciso focar na ampliação da arrecadação

Luana Valentim

‘Redução de despesas pode asfixiar o Estado’, diz Lúdio

Foto: Reprodução da internet

O deputado estadual, Lúdio Cabral (PT), avaliou nesta quarta-feira (10), que os 100 dias de governo Mauro Mendes (DEM) está focado em reduzir as despesas, gerando uma situação de risco de asfixia das políticas públicas no Estado.
 
Lúdio relatou que o governador apresentou aos parlamentares uma série histórica dos últimos 16 anos, onde fez um balanço do orçamento do Estado que aponta um crescimento de 342% nas receitas e, em contrapartida, aumento de 678% nas despesas.
 
“Eu fiz um questionamento para ter acesso as planilhas, pois é preciso responder uma questão que é técnica, se os dados estão apresentados com a correção inflacionária, para uma análise mais consistente”, pontuou.
 
Em resposta, afirmou o parlamentar, Mendes disse que os números não estavam com a correção inflacionária.
 
Já com relação aos números apresentados, Lúdio enfatizou que o governo tem uma preocupação excessiva nas despesas, quando é preciso focar na ampliação da arrecadação para superar as dificuldades financeiras do Estado.
 
Lúdio explicou que, ao tomar essa medida, o Estado poderá investir nas áreas essenciais como saúde, educação e segurança que necessitam de mais recursos ao invés de redução de despesas. “Porque a redução de despesas exagerada, acaba asfixiando o investimento nessas áreas”.
 
Para ele, se essa mesma energia estivesse empregada na ampliação de receitas, como na revisão de renuncias fiscais, permitiria aos deputados um ambiente melhor para lutar pelos direitos da população.stadual, Lúdio Cabral (PT), avaliou nesta quarta-feira (10), que os 100 dias de governo Mauro Mendes (DEM) está focado em reduzir as despesas, gerando uma situação de risco de asfixia das políticas públicas no Estado.
 
Lúdio relatou que o governador apresentou aos parlamentares uma série histórica dos últimos 16 anos, onde fez um balanço do orçamento do Estado que aponta um crescimento de 342% nas receitas e, em contrapartida, aumento de 678% nas despesas.
 
“Eu fiz um questionamento para ter acesso as planilhas, pois é preciso responder uma questão que é técnica, se os dados estão apresentados com a correção inflacionária, para uma análise mais consistente”, pontuou.
 
Em resposta, afirmou o parlamentar, Mendes disse que os números não estavam com a correção inflacionária.
 
Já com relação aos números apresentados, Lúdio enfatizou que o governo tem uma preocupação excessiva nas despesas, quando é preciso focar na ampliação da arrecadação para superar as dificuldades financeiras do Estado.
 
Lúdio explicou que, ao tomar essa medida, o Estado poderá investir nas áreas essenciais como saúde, educação e segurança que necessitam de mais recursos ao invés de redução de despesas. “Porque a redução de despesas exagerada, acaba asfixiando o investimento nessas áreas”.
 
Para ele, se essa mesma energia estivesse empregada na ampliação de receitas, como na revisão de renuncias fiscais, permitiria aos deputados um ambiente melhor para lutar pelos direitos da população.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual sua situação sentimental atual?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet