Cuiabá, quarta-feira, 22/05/2019
13:21:36
informe o texto

Notícias / Ciência, Saúde e Tecnologia

21/05/2019 às 14:10

Cuiabá recebe evento internacional voltado à popularização da ciência e tecnologia

Festival começou nesta segunda e vai até amanhã (22), com temas como combate ao câncer, inteligência artificial e fake news

Leiagora

Cuiabá recebe evento internacional voltado à popularização da ciência e tecnologia

Foto: Divulgação

Com o objetivo de ampliar o acesso à ciência além das fronteiras de universidades, hospitais e centros de inovação, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) apoia  o maior festival internacional de divulgação científica: Pint of Science, que começou nesta segunda-feira (20) e vai até quarta (22).

O evento é gratuito e aberto ao público, ocorre na Cervejaria Louvada, que fica localizada na Avenida das Torres e no bar Ditado Popular, na Praça Popular, simultaneamente, das 19h às 21h30. A consumação do bar fica por conta de cada um. 

O coordenador Thiago Izo, destaca que o objetivo é de derrubar intermediários entre o cientista e a sociedade, estabelecendo um canal direto de conversa. O Pint of Science será realizado em 24 países, e está pela primeira vez em Cuiabá, com uma programação diversificada, entre elas, discussão no combate ao câncer, inteligência artificial, fake news, tecnologia, entre outros.

"Na maioria das vezes, a pesquisa e os pesquisadores ficam escondidos em laboratórios, universidades e as pessoas não têm acesso a essas informações. Por isso, vamos fazer este evento em um local público, para ajudar as pessoas a entender que a ciência está em tudo”, enfatiza Thiago, que explica que pint (pronuncia-se paint) é uma medida – equivalente a cerca de 500 ml – tradicionalmente usada para se referir ao tamanho do copo em que a cerveja é servida em bares e pubs. 

A superintendente de Desenvolvimento Cientifico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lecticia Figueiredo, destaca que esses eventos são de extrema importância para popularizar a ciência em Mato Grosso. “As pessoas querem saber mais sobre as pesquisas e os pesquisadores querem falar para a população. Faltava só criar um canal que fosse eficaz e o evento vai conseguir isso”.

Lecticia disse que o fato de o evento ocorrer em bares, somado à informalidade da linguagem dos palestrantes, faz com que o público fique mais à vontade para se aproximar e tirar as dúvidas.

História

O evento surgiu na Inglaterra, em 2013, com Michael Motskin e Praveen Paul, na época pesquisadores do Imperial College London, que tinham a intenção de levar os cientistas para perto das pessoas de uma forma divertida, ao invés do caminho mais tradicional do público ir até às universidades e conversar com os pesquisadores. Assim surgiu a escolha por bares e restaurantes.
 
Da assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Qual sua situação sentimental atual?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet