Cuiabá, sexta-feira, 20/09/2019
18:29:19
informe o texto

Notícias / Cidades

12/06/2019 às 12:37

'Falta estrutura no Hospital de Barra do Bugres', diz Dr João ao fazer diagnóstico da Saúde em MT

O deputado tem visitado alguns municípios para fazer um levantamento de como está a Saúde no Estado

Luana Valentim

'Falta estrutura no Hospital de Barra do Bugres', diz Dr João ao fazer diagnóstico da Saúde em MT

Foto: Reprodução da internet

O deputado estadual, Dr João (MDB), informou nesta quarta-feira (12), que tem visitado alguns municípios para fazer um levantamento de como está a Saúde no Estado e acabou vendo coisas muito preocupantes principalmente no Hospital de Barra do Bugres. A declaração foi feita em entrevista à Rádio Capital FM.

Dr João, que também é médico e líder da Comissão da Saúde, disse que está fazendo um diagnóstico de todos os hospitais regionais do Estado. E que já visitou Barra do Bugres, Cáceres, Rondonópolis e Água Boa. Recentemente, esteve em Sinop e no Hospital Metropolitano de Várzea Grande.

O parlamentar destacou que se preocupou com a situação encontrada no Hospital de Barra do Bugres. Mas também relata que viu coisas que o deixa muito feliz, como a organização do Hospital de Água Boa, com um consórcio intermunicipal na região que é considerado o mais organizado no Estado.

“O hospital de Barra do Bugres me preocupa, pois tem uma estrutura que precisa melhorar muito. Mas os outros hospitais em si, como a reforma do Regional em Rondonópolis está muito bem adiantada e vai ficar muito bom. Água Boa está excelente, é um hospital que tem um funcionamento em dois Centros Cirúrgicos, para se ter uma ideia, no mês anterior foram realizadas quase 300 cirurgias eletivas”, frisou.

Dr João ainda ressaltou que houve um aumento no número de atendimentos, na qualidade e diminuiu o custo, pois gastava-se em média R$ 4 milhões por mês em Sinop para um atendimento precário e agora está gastando R$ 2,8 milhões para um atendimento de melhor qualidade e maior quantidade.

“Uma coisa que foi detectada em números, principalmente em Rondonópolis e Sinop, onde era dirigido por uma organização social melhorou muito a qualidade do atendimento depois que saiu a OS, por providência já do secretário Gilberto Figueiredo. Só no primeiro mês em Rondonópolis teve um desperdício a menos de R$ 1 milhão”, destacou.

O deputado analisa que esse resultado é uma providência do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, de dispensar as OS’s e assumir a administração desses hospitais regionais.

Dr João relatou que em Sinop, por exemplo, no Hospital Santo Antônio, não há fila para cirurgias ortopédicas e possui estrutura para realizar cirurgias cardíacas. Ele analisa que tem muitas unidades de saúde com condições de melhorar e aumentar o atendimento, mas falta dinheiro para fazer os investimentos necessários.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet