Cuiabá, quinta-feira, 19/09/2019
21:51:20
informe o texto

Notícias / Política

11/09/2019 às 15:42

Mauro Carvalho pede que base do governo não aprove proposta que revoga Teto de Gastos

Para ele, se aprovada a PEC significará um grande desastre nas finanças do Estado

Luana Valentim e Fernanda Leite

O secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho disse nesta quarta-feira (11), que tem a certeza que o Projeto de Emenda Constitucional do Teto de Gastos não passará na Assembleia Legislativa, por significar um desastre muito grande nas contas financeiras do Estado.

Nessa terça-feira (10), a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) aprovou o projeto do deputado estadual Lúdio Cabral (PT) que revoga o teto de gastos em Mato Grosso. A PEC segue para a primeira votação em plenário e, se aprovado, será analisado por uma comissão especial para depois seguir para segunda votação.

A Emenda Constitucional limita o crescimento das despesas primárias correntes e impede que o gasto do Estado com pessoal, e custeio cresça acima da inflação. Com o teto, o governo não poderá mais fazer investimentos em serviços à população mesmo que a arrecadação aumente e o governo tenha recursos para isso. Lúdio argumentou que o teto engessa o orçamento, pois impede o aumento de investimentos nas áreas essenciais.

“Isso aí foi aprovado só na CCJ, teve alguns deputados da base que até aprovou, mas para esclarecimento isso não significa voto. Com certeza a PEC dos gastos não vai passar na Assembleia”, avaliou.

Carvalho destacou que na Casa há deputados conscientes e responsáveis que realmente vê os interesses da sociedade mato-grossense, não querendo apenas ‘jogar para a galera’ ou coisa parecida.

O secretário afirmou que esse é um pedido do governo para que os deputados não aprovem essa PEC, ressaltando que a base está consciente da responsabilidade que tem em mãos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet