Cuiabá, quinta-feira, 12/12/2019
18:14:02
informe o texto

Notícias / Política

11/11/2019 às 16:09

Crianças estariam comendo só a metade de um ovo em escolas de Cuiabá; secretário desafia provar falta de comida; vídeo

A constatação das merendas ‘fracas’ e sem acompanhamento nutricional foi feito no decorrer da semana passada, pelos vereadores Abílio Jr. (PSC) e Diego Guimarães (PP).

Fernanda Leite e Luana Valentim

Crianças estariam comendo só a metade de um ovo em escolas de Cuiabá; secretário desafia provar falta de comida; vídeo

Foto: Reprodução vídeo

Um ovo para duas crianças comerem na merenda escolar. É isso que a prefeitura de Cuiabá estaria dando para os alunos das escolas, creches e nos Cemeis (Centro Municipal de Educação Infantil) do município. A constatação das merendas ‘fracas’ e sem acompanhamento nutricional foi feito no decorrer da semana passada, pelos vereadores Abílio Jr. (PSC) e Diego Guimarães (PP).

“A gente recebeu informações que nas escolas, creches e Cemeis, que a qualidade da merenda teria caído bastante.  Fomos em uma creche hoje e vimos que era um ovo para cada duas crianças comerem.  É 100 gramas de carne por semana em uma escola. Menos de 40 gramas de carne por dia. Então teve uma perda de qualidade no lanche escolar em outubro e novembro. Teve um dia que encontramos o café da manhã um pedaço de melancia e na sexta um pedaço de melão e na terça uma laranja. Sabemos que o café da manhã e a alimentação mais importante do dia”, comentou Abílio.

O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos, foi procurado pelos vereadores e garantiu que irá reestruturar o cardápio escolar equilibrado com acompanhamento nutricional, caso seja comprovado a redução na quantidade. 

Alex desafiou ainda alguém provar que falta alimento nas escolas. Ele garante que a merenda escolar de Cuiabá é motivo de orgulho para o município, tendo recebido inclusive nota A na classificação feita recentemente pelo Ministério da Educação. 

O gestor explicou ainda que a distribuição é feita diariamente de acordo com a necessidade de cada alimento, como frios, hortifrutigranjeiros e enlatados ou grãos. Segundo ele, são servidas uma média de 120 mil refeições dias, o que alcança algo em torno de 2 milhões por mês. O gasto anual com a alimentação é de R$ 6 a R$ 8 milhões, ou seja, cada prato sai a R$ 3. 

Já o vereador Diego alega que o orçamento para a merenda escolar chega a quase R$ 16 milhões e lembra da importância desta refeição para as crianças. “Muitas crianças tem como alimentação base a merenda escolar, então, isso não pode acontecer. Enquanto servidores fazem churrasco, crianças ficam sem  as merendas”, criticou.

Festa  com churrasco

O secretário Alex Vieira criticou a atitude dos servidores flagrados pelos vereadores participando de uma ‘festinha’ na última sexta-feira (8) com churrasco e bebida alcoólica na coordenadoria de Alimentação Escolar do município. Conforme o secretário um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) foi aberto para investigar a conduta dos envolvidos e a coordenadora do local já foi exonerada.

Um caminhão que estava estacionado ao lado do churrasco serviu para esconder as bebidas e as carnes da festa. O veículo, conforme o secretário, é terceirizado e a empresa responsável também será penalizada.

Vídeo Relacionado

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Jacy 13/11/2019 às 00:00

    Eu não sou de acordo com a perseguição política, não sou de acordo dos apontamentos de dedo. Nós comunidades queremos ação no trabalho, ver um vereador humilhando outro companheiro, sendo o dono da verdade, isso e ridículo no meio político, não sou de acordo das baixaria que virou a câmara dos vereadores, estão aí pra trabalhar para nós a comunidade, melhorar, a vida das nossas famílias, e não chegar chegando e sendo sou bam bam. Queremos que lutem por nós, mais sem baixaria. Sem agressão verbal, moral ou física, sem indispor a vida particular da família aleia, a não ser que for abuso, eu vi sobre um churrasco que líder do órgão público fez. Ela estava errada sim, descem puxão de orelhas, advertência. Suspensão. Agora expor ao público, foi ridículo, na empresa privadas será danos morais. No órgão público fica como??

  • Joair couto alves dos santos 13/11/2019 às 00:00

    Fico indignada com algumas reportagem do vereador Abílio, trabalho na educação (escola) e a merenda escolar e a melhor pois a educação infantil tem o lanche na entrada com o cardápio variado ,saladas de frutas, pão leite com toda,Jorgito,bolacha e fruta até. Mesmo como sobremesas, portanto gostei quando o secretário Alex desafiou sobre a denúncia.

  • Claudio Coelho Barreto Junior 13/11/2019 às 00:00

    NOBRE VEREADOR, CHEGA DE FAZER PALANQUE. TRABALHE, E PARE DE RECEBER TODAS AS "VANTAGENS", QUE VOCÊS RECEBEM. NÃO SEJA HIPÓCRITA E NEM CANALHA, OBRIGAÇÃO DE VERIFICAR SE A ALIMENTAÇÃO DAS ESCOLAS PÚBLICAS E CRECHES, E DEMAIS DEPENDÊNCIAS ESCOLARES, E DO CONSELHO DE PAIS E MESTRES, FUNCIONÁRIOS, MAS OS PAIS NÃO TEM TEMPO, E AS UNIDADES ESCOLARES SE TRANSFORMARAM EM DEPOSITO. DE GENTE. QUANTO AO ESCANDALOSO CHURRASCO, TEM QUE SABER SENHOR VEREADOR, SE AS CARNES FORAM ADQUIRIDOS CO DINHEIRO DOS SERVIDORES, OU COM DINHEIRO DA ADMINISTRAÇÃO, E NÃO FICAR FAZENDO ILAÇÕES.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet