Cuiabá, segunda-feira, 16/12/2019
08:23:01
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

21/11/2019 às 16:53

Mais um integrante de quadrilha especializada em furto de gado é preso

O foragido foi localizado na cidade de Abadia de Goiás (GO)

Leiagora

Mais um integrante de quadrilha especializada em furto de gado é preso

Foto: Reprodução

O sexto integrante de uma quadrilha de furto de gado cometido no município de Barra do Garças (509 km a Leste de Cuiabá), foi preso na tarde de quarta-feira (20.11), no estado de Goiás, em continuidade da operação “Boi Bandido 2”, deflagrada no início desta semana.

Com mandado de prisão preventiva que estava em aberto, P.A.S. de 19 anos, é acusado de abigeato e associação criminosa. O foragido foi localizado na cidade de Abadia de Goiás (GO), após trabalho da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso com apoio da Polícia Civil goiana.

O suspeito foi identificado nas investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças como um dos envolvidos no crime praticado em uma propriedade agrícola na zona rural do município, no dia 21 de outubro.

A ação para prisão do jovem foi deflagrada pelos policiais civis do Denarc de Goiás, após informações repassadas pela Derf.

Conforme o delegado que conduz as investigações, Nelder Pereira Martins, com a prisão de P.A.S. são seis os presos responsáveis pelo furto apurado.“O inquérito deverá ser concluído em dez dias, porém as diligências continuam para identificar e prender outros possíveis participantes do grupo criminoso”, destacou o delegado.

Investigações

As provas colhidas durante a investigação trouxeram evidências de que os suspeitos compunham uma quadrilha de furto de gado, com crimes reiterados e modus operandi similar na prática criminal. Dentre os suspeitos identificados, está um funcionário da propriedade. O delegado Nelder Martins representou pelos pedidos de prisões dos envolvidos, inclusive dos que foram detidos em flagrante na ocasião do furto.

Os mandados de buscas e apreensões foram cumpridos na segunda-feira (18.11) em uma fazenda onde foram localizadas as reses e em comércios suspeitos da venda de gado abatido clandestinamente. Foram apreendidos também veículos dos suspeitos do crime, sendo duas caminhonetes e dois veículos de passeio.

Nas residências dos suspeitos, os policiais apreenderam outros materiais como duas armas de fogo (um revólver e uma espingarda calibres 38); R$ 14 mil em espécie, não declarados e sem comprovação da origem; mais de R$ 20 mil em cheques e documentos diversos.

Em 21 de outubro, 41 cabeças de gado bovino foram furtadas da Agropecuária de Barra do Garças S.A. e recuperadas pela Polícia Civil com apoio da Polícia Militar, poucas horas após o crime. Na ocasião, os autores usaram um veículo tipo caminhão para o transporte dos animais.

O rebanho confinado foi localizado na Fazenda Jatobá.
Direto da redação, ​Assessoria/PJC-MT 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet