Cuiabá, quarta-feira, 19/02/2020
04:39:54
informe o texto

Notícias / Política

21/12/2019 às 15:50

Júlio diz que erros de Selma foram infantis e anormais para quem saiu do Judiciário

Ex-governador disse que foi uma surpresa a tramitação rápida do processo e lamentou.

Luana Valentim

Júlio diz que erros de Selma foram infantis e anormais para quem saiu do Judiciário

Foto: Agência Câmara

O ex-governador Júlio Campo (DEM) comentou a cassação da senadora cassada Selma Arruda (Podemos) e avaliou os erros como infantis e anormais para alguém que veio do Judiciário.

Júlio disse que foi uma surpresa a tramitação rápida do processo e lamentou. O democrata disse que não desejava a cassação da senadora por ter obtido mais de 600 mil votos no pleito passado.

“Ela teria um bom desempenho em Brasília, principalmente, na área jurídica e iria se destacar seguindo o caminho que o então senador Pedro Taques que deixou de ser um excelente senador para ser um péssimo governador”, afirmou.

Júlio já adiantou que o DEM tem interesse em indicar um nome para a disputa. Além dele ter sido cogitado para o pleito, ele comentou sobre a possibilidade do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, e do também deputado Dilmar Dal Bosco, ambos filiados ao DEM, serem indicados para a vaga.

Apesar da publicação do acórdão, ainda não há uma data definida para a próxima eleição. A senadora ainda irá recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar se manter no cargo e derrubar a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que por 6 votos a 1 cassou o mandato dela por caixa 2.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet