Cuiabá, terça-feira, 21/01/2020
08:00:59
informe o texto

Notícias / Região Araguaia

11/01/2020 às 17:59

Araguaia Cidadão percorre 5,5 mil km e realiza quase 63 mil atendimentos

Leiagora

Araguaia Cidadão percorre 5,5 mil km e realiza quase 63 mil atendimentos

Foto: Assessoria

O Projeto Araguaia Cidadão foi criado pelo Judiciário de Mato Grosso com o objetivo de levar acesso à justiça, à saúde, à cidadania e consciência ambiental ao Vale do Rio Araguaia. Devido a distancia o projeto foi realizado em duas etapas e ao final de 5500 km percorridos e 11 municípios visitados, o Judiciário contabilizou 62.376 atendimentos realizados.
 
Idealizado pelo presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha e coordenado pelo juiz José Antônio Bezerra Filho, o Araguaia Cidadão objetiva a aproximação do Judiciário com a sociedade.
 
Na primeira etapa, de 12 a 21 de agosto, foram oferecidos mais de 36 mil atendimentos na área da saúde, justiça e cidadania, para moradores de seis municípios (Alto Araguaia, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu e Pontal do Araguaia), em mais de 1.500 km percorridos.

A segunda etapa ocorreu de 6 a 15 de novembro, e a expedição chegou aos municípios de Santa Terezinha, Luciara, São Felix do Araguaia, Novo Santo Antônio e Cocalinho, percorrendo mais de 4.000 km.
 
Além dos serviços, como registro tardio, resolução de conflitos sociais, casamento comunitário, consultas médicas, oftalmológicas e odontológicas, vacinas e a confecção de documentação, o projeto recebeu da Receita Federal 4.600 kg de roupas, mantas, toalhas e sandálias que foram doados aos moradores dos municípios contemplados com o Araguaia Cidadão.
 
Para garantir este resultado o Judiciário fechou parceria com o Executivo estadual, Marinha do Brasil, Exército, Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, Defesa Civil, UFMT, Assembleia Legislativa, prefeituras e câmaras municipais e Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

 
Por assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet