Cuiabá, terça-feira, 04/08/2020
08:03:29
informe o texto

Notícias / Política

30/03/2020 às 15:52

AL aprova governo fazer empréstimo de R$ 550 milhões

A proposta ainda vai para segunda votação e deverá receber duas emendas propostas pelo deputado Lúdio Cabral

Kamila Arruda e Alline Marques

AL aprova governo fazer empréstimo de R$ 550 milhões

Foto: Fablicio Rodrigues

Em sessão extraordinária remota realizada na manhã desta segunda-feira (30), a Assembleia Legislativa aprovou, em primeira votação, o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a contrair empréstimo na ordem de R$ 550 milhões junto a Caixa Econômica Federal.

A votação se deu por 21 votos e uma abstenção do deputado estadual Ulysses Moraes (DC). A matéria era para ter sido apreciada na última sexta-feira (27), mas a votação foi suspensa devido a um pedido de vistas do deputado estadual Lúdio Cabral (PT).

O petista inclusive alertou ao governo para o fato de que logo após a pandemia do coronavírus ser controlado é provável que a União libere recursos a ser investido na área de infraestrutura fundo perdido, justamente para fomentar a economia.

Além disso, adiantou que fará duas emendas na Comissão de Constituição e Justiça em que obrigada o governo a prestar contas deste empréstimo à Assembleia Legislativa a cada quadrimestre. Lúdio observou ainda que das nove regiões do estado, um ficou de fora: Noroeste. Sendo assim, irá propro que o projeto atenda todas as regiões, incluíndo municípios como Juína, Juara, Colniza, Rondolândia e Cotriguaçu. 

A deputada Janaina Riva (MDB), que inclusive, tem a base na região disse que solicitou um estudo à sua equipe e realmente notou a ausência da região, mas justificou a falha pelo fato de o governo ter enviado o projeto prevendo obras que já estivessem licitadas, algumas ainda na gestão passada, para poder agilizar o processo. 

De qualquer forma, até mesmo presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (DEM), solicitou que o parlamentar faça a emenda que deve ter o apoio dos demais parlamentares. 

Conforme o Executivo Estadual, o recurso será destinado para a construção de quatro mil pontes, de pequeno porte, as quais serão viabilizadas em parceria com municípios. Também será investido na construção de outras 100 pontes de grande porte, as quais serão executadas pelo próprio Governo do Estado. O lançamento do programa foi anunciado pelo governador Mauro Mendes em fevereiro deste ano, e contemplara os 141 municípios mato-grossense.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet