Cuiabá, segunda-feira, 06/07/2020
19:56:29
informe o texto

Notícias / Geral

30/05/2020 às 17:40

Estudantes mato-grossenses na Colômbia pedem ajuda à AL para voltar para casa

Um voo humanitário está sendo preparado pelo governo colombiano e o governo brasileiro para a próxima quinta-feira (4), mas terá o custo de 468 dólares, porém os estudantes não tem condições de pagar

Luzia Araújo

Estudantes mato-grossenses na Colômbia pedem ajuda à AL para voltar para casa

Foto: Reprodução

Os estudantes intercambistas mato-grossenses, que estão na Colômbia, encaminharam uma carta, ao presidente da Assembleia Legislativa , Eduardo Botelho, solicitando colaboração e apoio econômico para voltar ao Brasil. Os estudantes foram viver e estudar na Colômbia por seis meses e foram surpreendidos pela pandemia do Coronavírus, se encontrando em situação de vulnerabilidade no país.

Um voo humanitário está sendo preparado pelo governo colombiano e o governo brasileiro para a próxima quinta-feira (4), mas terá o custo de  468 dólares, para todos aqueles que não possuem passagens de volta comprada pela empresa aérea, escolhida para o transporte do grupo. Só em passagem seriam quase R$15 mil, que os estudantes não têm condições de pagar. 

O voo foi anunciado nessa sexta-feira (29) e os estudantes tem até neste domingo (31) para confirmar as vagas no avião. No mesmo dia que ficaram sabendo da oportunidade de voltar para casa, os estudantes preparam a carta e encaminharam, por e-mail, para o gabinete do deputado. 

Segundo o porta-voz do grupo, Maycon de Souza Esquer, a assessoria do parlamentar disse que na segunda-feira (1º) dará os encaminhamentos ao documento, mas não confirmou a ajuda. “Como a embaixada só anunciou esse voo ontem e nós temos que dar a resposta até amanhã de manhã, acreditamos que se não tivermos uma resposta o mais rápido possível, não vamos conseguir voltar”, relatou o jovem. 

O estudante relatou ainda que “estamos esgotados, porque há um mês estamos exigindo do governo brasileiro um voo de repatriação e ontem a embaixada anuncia um voo humanitário que tem pagar 468 dólares e que temos que dar resposta até amanhã, ignorando o nosso pedido de quase um mês. Agora estamos correndo para todos os lados para ver o que conseguimos fazer. Esperamos que o estado de Mato Grosso nos ajude a voltar para casa”. 

No país colombiano se encontram oito estudantes de intercâmbio mato-grossenses, dos quais sete são da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e  uma estudante mato-grossense, bolsista pelo Prouni na Puc de São Paulo. 

“Estamos fazendo esse pedido à Assembleia porque é a única maneira que temos de poder voltar ao Brasil. Por sermos estudantes bolsistas, não temos condições de pagar esse voo e estamos buscando esse apoio para que possamos voltar para casa’, disse o porta-voz. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet