Cuiabá, quarta-feira, 15/07/2020
00:30:53
informe o texto

Notícias / Geral

30/06/2020 às 13:18

Escola de Governo aumenta em 500% oferta de vagas para cursos a distância

Na avaliação de reação preenchida pelos servidores após os cursos, 85% recomendam para outro funcionário e 80% declararam que o aprendizado irá contribuir com a melhoria da prestação de serviços públicos

Leiagora

Escola de Governo aumenta em 500% oferta de vagas para cursos a distância

Foto: Reprodução

A Superintendência da Escola de Governo, unidade vinculada à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), registrou um crescimento de 500% do número de vagas ofertadas para cursos na modalidade de Ensino a Distância (EAD), somente no primeiro semestre de 2020.

A lei da oferta e da procura explica esse aumento, que foi alavancado pela crescente demanda dos servidores públicos por cursos, treinamentos, capacitações, entre outros meios de ensino disponibilizados a distância pela Escola de Governo.

Nos primeiros seis meses deste ano, 4.200 vagas foram disponibilizadas, ante as 700 no mesmo período de 2019. Onze turmas foram formadas e seis cursos realizados, cinco deles com foco em noções básicas de gestão pública e um voltado para a gestão sistêmica.

A procura foi maior entre os servidores lotados em órgãos do Executivo no interior do Estado. Antes do aumento das vagas, 15% das inscrições para o EAD correspondiam ao interior. Atualmente, essa parcela representa 52% do total de inscritos.

A avaliação de reação preenchida pelos servidores após os cursos indicou que 75% deles classificam as ofertas como boa ou ótima, 85% recomendam para outro funcionário público e 80% declararam que o aprendizado irá melhorar a sua atividade de prestação de serviços públicos.

“Os projetos que vêm sendo executados pela Escola de Governo possuem grande aderência à política de gestão de pessoas deste governo, cujo propósito é elevar a modernização e a qualificação do servidor na prestação de serviços públicos para a sociedade”, disse o secretário da Seplag, Basílio Bezerra.

De acordo com o superintendente da Escola de Governo, Josué Ribeiro, o aumento das vagas consiste na adequação da oferta de cursos a demanda. “Começamos com turmas de 100 alunos, depois elevamos para 200 e por fim fomos para 300 vagas. Isso ocorreu porque sempre há mais inscrições que o número de vagas ofertadas e, atualmente, as 300 são insuficientes, pois há uma procura de 400 vagas por curso. Esse aumento beneficia o interior, cumprindo melhor o propósito do ensino a distância”, afirmou.

Josué destacou como fundamental o suporte dado pela Superintendência de Tecnologia da Informação da Seplag, que tem ajudado a melhorar a oferta de cursos online, inclusive expandindo os recursos de TI dedicados à essas atividades; para o aumento do número de vagas.

Todas as ofertas de EAD são realizadas em ambiente virtual de aprendizagem similar ao utilizado pelas melhores instituições de ensino a distância do país. Os servidores em isolamento social por conta da pandemia da Covid-19, que se enquadram no disposto na Instrução Normativa n° 08/2020, também estão sendo atendidos pelos cursos a distância.

Para o segundo semestre de 2020, a Escola de Governo irá ofertar sete novas turmas referentes a seis cursos, contabilizando mais 2.800 vagas.

 
Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet