Cuiabá, quinta-feira, 13/08/2020
07:46:20
informe o texto

Notícias / Geral

01/08/2020 às 17:06

Hospital Regional de Rondonópolis passa a ofertar serviço de hemodiálise

O Sistema Gênius, que passa a ser disponibilizado aos pacientes internados na unidade, existe em apenas 41 hospitais do Brasil

Leiagora

Hospital Regional de Rondonópolis passa a ofertar serviço de hemodiálise

Foto: Christiano Antonucci/Secom-MT

O Hospital Regional “Irmã Elza Giovanella”, de Rondonópolis, é a segunda unidade hospitalar do Estado a ofertar o serviço avançado de hemodiálise aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Mato Grosso. O Sistema Gênius, que passa a ser disponibilizado aos pacientes internados na unidade, existe em apenas 41 hospitais do Brasil e é considerado moderno e seguro. 

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), o investimento anual  é de aproximadamente R$ 216 mil. 

“É um avanço significativo para o Estado e para a região. O incremento promove mais qualidade de vida aos usuários do SUS, pois descentraliza a oferta do tratamento – que, neste caso, será realizado em pacientes internados na unidade hospitalar. Reforço que a atual gestão não tem medido esforços para ofertar serviços de qualidade nos Hospitais Regionais”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. 

O novo serviço foi idealizado pela atual gestão da SES quando a secretária Adjunta de Gestão Hospitalar, Caroline Dobes, ainda estava à frente da direção geral do Hospital Regional de Rondonópolis.

“Naquela ocasião, foi possível a contratualização de um sistema de hemodiálise inovador, que oferece um tratamento com mais eficácia e resulta em mais qualidade de vida para o paciente, sendo que o processo de aquisição se encerra agora, com sucesso”, relatou Caroline.

De acordo com a atual diretora do Hospital Regional, Kênia de Lima Gomes, o procedimento de aquisição ocorreu por meio de adesão a uma Ata de Registro de Preços, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). 

A SES-MT contratualizou a aquisição do kit dialisador, com cessão de equipamentos em regime de comodato, para que esse sistema pudesse ser oferecido aos pacientes. O valor exato do contrato por 12 meses é de R$ 216.650,80 e o custo unitário de um kit dialisador é de R$ 401,02. 

Para receber os novos equipamentos, foi necessário adequar um espaço específico para a instalação dos itens. As máquinas são móveis, manuseadas e levadas à beira-leito para a diálise do paciente, sem que haja a necessite deslocá-lo.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet