Cuiabá, sábado, 26/09/2020
17:22:35
informe o texto

Notícias / Polícia

11/08/2020 às 17:50

Ação integrada fecha festa com aglomeração de pessoas e bebida alcóolica em Jauru

Um suspeito, de 22 anos, foi identificado como responsável por promover uma festa em seu sítio na zona rural

Leiagora

Ação integrada fecha festa com aglomeração de pessoas e bebida alcóolica em Jauru

Foto: Assessoria

Um jovem suspeito de infringir determinação do ministério público e fornecer bebida alcoólica para menor de idade foi preso em flagrante em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, realizada no domingo (10), no município de Jauru (425 km a oeste de Cuiabá).

O suspeito, de 22 anos, foi identificado como responsável por promover uma festa em seu sítio na zona rural com aglomeração de pessoas, participantes sem máscaras e regada a bebida alcoólica, infringindo os decretos para conter a pandemia de Covid-19. Outras 14 pessoas foram conduzidas na ação.

As diligências iniciaram após denúncia anônima que relatavam a aglomeração de pessoas na propriedade. A festa era realizada no curral do sítio do suspeito, não havia casas nas proximidades, porém o alto barulho dos carros de som, chamaram a atenção das pessoas que passavam pelo local e fizeram a denúncia.
No local, além da grande quantidade de bebida alcoólica foi encontrado cachimbo de narguilé, que poderia ter ocasionado um incêndio na região, em decorrência do pasto seco ao lado do curral. Duas menores de idade, de 17 e 11 anos, participavam do evento.

Além do suspeito, foram detidos no evento mais 14 pessoas com idades entre 18 e 30 anos, e que foram conduzidas a Delegacia de Jauru. Os 15 conduzidos poderão responder a procedimento do crime de “Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”, previsto no artigo 268 do Código Penal.  

De acordo com o delegado responsável pelo flagrante, Maurício Maciel Pereira Junior, o evento era conhecido pelos participantes  como “festa do Curral”, sendo feito propaganda do evento em grupos de WhatsApp e redes sociais, demonstrando que os organizadores não estava preocupados com as sanções das autoridades públicas, uma vez que não era a primeira edição da festa.
Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet