Cuiabá, quinta-feira, 28/01/2021
01:34:58
informe o texto

Notícias / Geral

24/11/2020 às 09:55

Feriado do Dia da Consciência Negra termina sem registros de mortes na BR-163/364

Ao todo, 535 motoristas precisaram do apoio das equipes da Concessionária por problemas mecânicos ou elétricos.

Leiagora

Feriado do Dia da Consciência Negra termina sem registros de mortes na BR-163/364

Foto: Reprodução

O feriado prolongado em comemoração ao Dia da Consciência Negra, celebrado de 19 a 22 de novembro, terminou sem mortes no trecho sob concessão da BR-163/364 em Mato Grosso. Os dados são da Concessionária Rota do Oeste e apontam ainda que o número de veículos que ficaram parados na rodovia por apresentar algum tipo de pane subiu 43%, em comparação ao último feriado prolongado de Finados, que aconteceu no final de semana do dia 02.

Os números mostram que, durante o período analisado, o dia com o maior número de acionamento por panes foi no sábado (21), quando as equipes realizaram 138 atendimentos desta natureza. O segundo dia com maior número de ocorrências foi domingo (22.11). A data também registrou o maior número de remoções, somando 61 das 135 ocorrências.

Ao todo, 535 motoristas precisaram do apoio das equipes da Concessionária por problemas mecânicos ou elétricos. Destes, 172 necessitaram do auxílio do guincho leve ou pesado. Os outros 363 foram atendidos e liberados no local com condições de seguir viagem com segurança.

O gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, considera que o balanço foi positivo de modo geral, mas que é preciso ter atenção ao aumento do número de panes, que são situações totalmente evitáveis com uma simples revisão do veículo. “Não tivemos mortes na rodovia e o nosso objetivo é manter este índice. Os dados revelam que estamos tendo bons resultados, mas ainda é preciso que o motorista planeje a viagem”.

Ferreira explica que a revisão é uma das atitudes mais importantes antes de ir para a rodovia. Segundo ele, quando a prática é adotada, problemas podem ser identificados e solucionados com antecedência, evitando que acidentes aconteçam. “Isso não evita apenas o transtorno ou atraso no cronograma, mas também salva vidas. Quando um veículo para na rodovia, seja qual for o motivo, a vida de todos fica em risco”.

Acidentes – As equipes de resgate da Rota do Oeste atenderam a 32 acidentes durante o período analisado e cerca de 63% não tiveram vítimas.

 
Assessoria

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet