Cuiabá, quarta-feira, 17/07/2019
22:38:41
informe o texto

Artigos / Opinião / Paulo Pedra

26/06/2019 às 13:26

Professores incompetentes são responsáveis por ensino ruim

É hora de ter vergonha na cara e voltar para a sala de aula.

Foto: Fred

A valorização do trabalhador deve ser medida com a régua da dedicação, competência e do resultado do seu trabalho. Em sua maioria, os professores do estado seriam reprovados por estes critérios. O ensino ruim e que forma analfabetos funcionais é reflexo direto da falta de preparo dos docentes e do aparelhamento esquerdista da classe.

A população, em geral, está de saco cheio de uma greve vazia e com reivindicações claramente impossíveis de serem atendidas no atual momento das finanças, que estariam em estado de calamidade, segundo os governantes estaduais.

A categoria, através de seu Sindicato e com infiltrados da CUT e do MST, entrou numa greve que foi ignorada pelo governador Mauro Mendes, não conta com o apoio da população e que está num beco sem saída.

 A iniciativa de obstruir rodovias contribui para aumentar a antipatia pelo movimento paredista, pois, além de prejudicar os alunos sem aulas por mais de trinta dias, agora incomoda quem está trabalhando nas estradas transportando a produção que gera impostos para pagar os salários dos professores e de todo o funcionalismo.

A classe, para merecer o respeito que deveriam ter os professores, como formadores de futuras gerações, deveria se despir das vaidades e da militância ideológica e buscar aperfeiçoamento profissional – muitos deles, semianalfabetos – para o Mato Grosso parar de ocupar os últimos lugares no ranking do IDEB e formar alunos que saibam ler e escrever corretamente. 

Enquanto continuarem a ministrar uma educação meia-boca, o melhor a fazer é se recolher na mediocridade do trabalho que realizam e parar de encher o saco da população ao se constituir em massa de manobra do PT e seus puxadinhos. Quem não tem competência, deve se limitar à estatura do trabalho que realiza. É hora de ter vergonha na cara e voltar para a sala de aula.

A homenagem fica para aqueles que amam a profissão, querem trabalhar, lutar por um ensino digno e de qualidade, e que estão impedidos de estar nas salas de aula por pelegos sindicalistas. O Brasil está mudando e já não tem espaço para os parasitas sindicais.

Paulo Pedra

Paulo Pedra
Escritor crítico dos assuntos cotidianos de Mato Grosso e Brasil. Com ele é na pedrada!
ver artigos

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Carlos Mario 27/06/2019 às 00:00

    Lamentável, atualmente é difícil saber quando o movimento é um ato digno de atenção ou mais uma manipulação partidária, observando que sou favor na melhorias na educação, e os alunos não merecem ficar sem aulas, isso não é inadmissível.

  • Renato Abreu 27/06/2019 às 00:00

    Os Professores em greve são um bando de patetas vestidos de "vermelho" e liderados por picaretas do Sindicalismo!!!

  • Wagner 27/06/2019 às 00:00

    Bom dia . Sou professor, esta na hora de retornarmos as aulas , não concordo com esta paralização, realmente são poucas pessoas a frente deste movimento . Ridículo isso .

  • Fernanda Durval 27/06/2019 às 00:00

    O que me admira muito Kely é que tem professores que estão fazendo boletim de ocorrencia para trabalhar, Alguns estao até sendo impedidos de trabalhar, meu filho esta sendo prejudicado e diversos professores não concordam com esta greve, inclusive teve ontem um desfile com 15 pessoas realizando protesto, vamos criar vergonha na cara e trabalhar. Sou pobre , não tenho condições de pagar uma boa escola, mas aonde meu filho estudo a escola é muito boa por sinal e ali tem professores que realmente querem trabalhar e não ficar fazendo movimentos e prejudicando nossos filhos, realmente tem professores que parece que compraram o diploma.

  • kely silva 26/06/2019 às 00:00

    Vergonha quem teria que ter é você,que se prestou a servir de porta voz de um governo sem palavra .Que não cumpre o que promete.E as reivindicações preiteadas pela categoria são direitos adquiridos .E o digníssimo governador só têm que cumprir a lei, nada mais. Já que você PAULO PEDRA se preocupa com a educação do MT, visite as escolas estaduais e veja com seus olhos como os "sem vergonha petistas " trabalham.Em salas que chove mais dentro que fora, sem ar condicionado e o pior muitas vezes professor tirando dinheiro do próprio bolso para compra de material para preparar uma aula diferente para seus alunos.E mais escolas com reformas paradas a mais de cinco anos, e acredite os " sem vergonha petistas " estão lá, firmes e fortes , aprovando com seu ensino medíocre alunos para o IFMT e mesmo sem quadra esportiva formando campeões em várias modalidades. Venha nos visitar,conhecer e depois terás argumentos verdadeiros para escrever.

  • Douglas Machado 26/06/2019 às 00:00

    Os professores estão prejudicando nossos filhos , isso virou palhaçada já , vai uma dica para este André do PT aí , já repararam que geralmente a lição de moral vem de alguém alguém que não tem nenhuma moral ? Cut MST fora .

  • Roberto Carvalho DF 26/06/2019 às 00:00

    Caro André, não se iluda, há muito bobo super inteligente e muito experto extremamente burro. Parabéns pelo artigo.

  • André 26/06/2019 às 00:00

    Um comentário no mínimo imbecil e preconceituoso, o senhor deveria se recolher a sua insignificância antes de falar o que não conhece, estruturas inadequadas plano de ensino moldado pelo Estado inclusive com o tal ciclo de ensino que prima mais em passar o aluno que realmente cobrar o mesmo por uma postura de aluno que mereça passar de ano senhor no mínimo é um desqualificado não sei como alguém te deu uma oportunidade de escrever artigos na internet. Acho que Umberto Eco tinha razão. Segundo Eco. "O drama da Internet é que ela promoveu o idiota da aldeia a portador da verdade"

Enquete

Qual seu posicionamento em relação a Reforma da Previdência?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet