Cuiabá, quarta-feira, 21/02/2024
07:47:33
informe o texto

Notícias / Artes visuais

29/05/2023 às 18:25

Abertura da Exposição Bio é nesta terça, no Museu de Arte e de Cultura Popular da UFMT

A mostra busca refletir sobre o tema biodiversidade a partir dos olhares femininos

Priscila Mendes

Abertura da Exposição Bio é nesta terça, no Museu de Arte e de Cultura Popular da UFMT

Foto: Reprodução / Instagram

Será nesta terça-feira (30) aabertura da exposição ‘Bio’, no Museu de Arte e de Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (Macp/UFMT), a partir das 18h30, e toda a sociedade está convidada. Para animar o momento, haverá pocket show com a cantora Estela Ceregatti.

A iniciativa da mostra é da artista visual Ruth Albernaz que, a fim de refletir sobre o tema biodiversidade a partir dos olhares femininos, ela convida ao diálogo as artistas Domingas Apatso, Naine Terena e Thaís Magalhães.

Na exposição, haverá também obras de outras mulheres, selecionadas do acervo permanente do Macp: Almira Reuter, Andréa Antonon, Anna Amélia Marimon, Conceição Freitas, Dalva de Barros, Dirce Nestor, Dona Joana e Domingas, Edonita Sucena, Elieth Gripp Mellado, Ignez Corrêa da Costa, Joana da Silva, Lara Matana, Magna Domingos, Marlene Kasarin, Marta Catunda, Mary Slessor, Osvaldina dos Santos, Regina Penna, Regina Silveira, Rosylene Pinto e Vitória Basaia.

A curadoria é compartilhada entre Ruth Albernaz, Lívia Bertges e Thaís Magalhães. ‘Bio’ demonstra a potência da vida que passa pela memória, pelos modos de vida e pelos sonhos de um futuro generoso. A exposição traz ao público o contato entre materialidades e linguagens variadas, com pinturas, instalações, gravuras, cerâmicas e poemas.

Ruth Albernaz conta ao Entretê que está nos preparativos finais para a exposição e destaca o momento cultural com Estela Ceregatti, musicista desta terra que dialoga com a biodiversidade mato-grossense, bem como com a riqueza cultural dos povos originários.

A anfitriã também adianta ao Entretê que a abertura receberá a diretora do Museu Nacional da República, Sara Seilert, a primeira mulher a assumir tal posto.

Apoiam a exposição a Assembleia Social, a Secretaria de Cultura Esporte e Lazer de Mato Grosso, Casa das Molduras, Maloca do Quati, Todimo, Suvinil, Stamp e Uniselva.

Após a abertura da exposição, a visitação seguirá o horário de funcionamento do Macp, que é de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. A mostra fica disponível até o dia 20 de agosto.

Saiba mais sobre as curadoras da exposição Bio nesta matéria do Entretê.

Com assessoria
Clique AQUIentre no grupo de WhatsApp do Entretê e receba notícias de Cultura e programações artísticas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet