Cuiabá, quarta-feira, 17/07/2024
15:53:04
informe o texto

Notícias / Esporte

16/12/2023 às 13:13

ESPORTE

Equipes recebem as regras, bolas e homenagens no Congresso do Peladão 2023/24

Mais de 700 equipes de 60 cidades, vão participar desta 13ª edição que começa em janeiro

Leiagora

Equipes recebem as regras, bolas e homenagens no Congresso do Peladão 2023/24

Foto: Assessoria

O Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá recebeu nesta semana o Congresso Técnico do maior campeonato de futebol amador de Mato Grosso: o Peladão Luck Bet 2023/24. A competição vai reunir mais de 700 equipes de Cuiabá, Várzea Grande e cerca de 60 municípios do interior. São mais de 10 mil pessoas envolvidas entre jogadores, técnicos e dirigentes de futebol.

O campeonato já começou no interior, onde algumas cidades já definiram os representantes para a fase final em jogos mata mata. Mas a grande massa de times entra em campo a partir de janeiro do ano que vem, em busca do grande prêmio desta 13ª edição: uma caminhonete RAMPage 0 km avaliada em R$ 270 mil.

“Neste congresso apresentamos às equipes todas as regras da competição, premiação e cronograma. Também entregamos bolas oficiais a cada uma delas e homenageamos os craques da edição 2021/22, que teve o Tropa Gela Guela, de Várzea Grande, como grande campeão “, explicou Poli Kiesque, diretor-geral do campeonato.

Michel Winkel, diretor do Gela Guela, acredita no bi, mas garante que time vai entrar em campo sem salto alto.

"Vamos entrar em campo de pezinho no chão, como fizemos no ano passado. E, se Deus quiser, vamos levar esta RamPage pra casa. Quem sabe vem o Bi? Não vamos jogar de salto alto porque a gente sabe que o futebol é uma caixinha de surpresas", disse.

Pensa igual o ex-treinador do time, Pedro Paulo, que nesta edição vai comandar o WT, um dos melhores times da última edição; grupo formado por moradores e amigos do bairro Jardim Florianópolis, de Cuiabá. Vale dizer, que ‘Sapão’, como é conhecido, recebeu o troféu de melhor treinador da última edição.

“Como jogador, fui três vezes campeão do Peladão e cheguei a artilharia de uma das edições. Tenho certeza que é um campeonato difícil, que cresce a cada ano e revela jogadores que acabam nos times profissionais de Mato Grosso e de outros estados. Sabemos que será uma etapa difícil e competitiva onde não tem lugar para ‘salto alto’, mas vamos trabalhar duro para levar a taça”, comentou.

Por outro lado, tem gente que já garante que a caminhonete tem dono. 

“Tenho certeza de que este ano, um dos 12 times da Chapada dos Guimarães vai levar a taça. Estamos trabalhando duro, treinando muito e focados. São quatro prêmios principais, mas a RamPage vai pra Chapada!”, brincou o secretário de esportes do município Mauro de Paula.

“Pra nós, é uma grande honra participar do Peladão. Uma competição que além do futebol, ajuda a fomentar o comércio, a economia solidária, a informal e também o turismo, já que atraí visitantes. O campeonato é mais que futebol é uma grande ação social que acontece no nosso estado por iniciativa do deputado estadual Wilson Santos (PSD) desde 2005, e agora, também, do deputado Eduardo Botelho (UB), do Governo do Estado e de empresas parceiras. Parabéns a todos e que vença a melhor equipe”, completou.

Investimentos

A 13ª edição do Peladão 2023/24 terá mais de R$ 2 milhões de investimento. São recursos de emendas parlamentares dos deputados estaduais Wilson Santos (PSD) e Eduardo Botelho (UB) com contrapartida do governo do Estado e da iniciativa privada.

“Começamos esta competição em 2005, quando eu era prefeito de Cuiabá, inspirados no campeonato amador de Manaus. Nossa equipe foi até lá, capitaneada pelo querido Claudio Kiesque (in memorian), aprender como fazer. Depois, melhorou o projeto e trouxe para a capital. Hoje, estamos em mais de 60 municípios e queremos chegar aos 141 de Mato Grosso”, disse Wilson Santos.

“A principal meta é reunir famílias, amigos, fomentar a economia; levar entretenimento, esporte e lazer aos bairros e revelar novos talentos para o futebol. Temos cumprido nossa missão e agregado novos parceiros a cada ano, aos quais agradeço sempre. Parabéns a todos os organizadores, atletas, comissões técnicas, torcedores, ambulantes e comerciantes e à imprensa de forma geral que sempre nos apoiou nesta inciativa”, completou.

O deputado Eduardo Botelho, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, esteve presente no Congresso Técnico.

“Fico muito feliz em participar e apoiar esta edição, como político, amante do futebol e até um como ex-atleta amador. Aliás, se ainda tivesse pique gostaria de estar em campo. Parabenizo o deputado Wilson e o radialista Cláudio Kiesque que começaram tudo isso, além de seu filho Poli, este grande profissional que organiza a competição até hoje de forma ímpar. Também parabenizo os times, torcedores, imprensa e a todos e todas que fazem do Peladão o maior campeonato de futebol amador da América do Sul, não só de Mato Grosso, haja vista o número de equipes e a organização”, disse.

“Entrei pra ficar e a partir de agora, vou participar de todas as edições do Peladão, esteja eu em cargos públicos ou não. Podem contar comigo. Espero que no ano que vem, possamos melhorar ainda mais a premiação, aumentar o número de equipes e chegar a todo o estado. Contem comigo sempre”, completou.

Premiação

O campeão vai ganhar uma caminhonete Rampage. O vice, um Fiat Strada cabine dupla; o terceiro colocado um Fiat Mobi e o quarto uma moto 160 cc. Todos os veículos 0 km.

Empresas Parceiras

O Peladão 2023/24 conta com o apoio da empresa Tubarão Esportes que fornece equipamentos esportivos à competição há mais de cinco anos, e  da Luck Bet, empresa de apostas eletrônicas esportivas que  comprou o Naming Rights da competição e pode explorá-lo comercialmente.

"Faz parte da nossa missão, visão e valores apoiar e fomentar a prática esportiva, em especial o futebol de campo. Não só em Cuiabá, mas em todo o país: são mais de 20 mil clientes em todo o Brasil. Queremos continuar ajudando esta competição ao longo dos anos e atender cada vez melhor as equipes  e organizadores. Para  Tubarão Esportes, é um prazer ser parceira do Peladão", disse Alessandro do Nascimento, proprietário da empresa.

"Quero agradecer a todas e todos os colaboradores, jogadores, treinadores, dirigentes, imprensa e apoiadores do Peladão Luck Bet 2023/24. Sem vocês nada disso seria possível! Em especial, a meu pai Cláudio Kiesque, que começou tudo isso, aos deputados estaduais Wilson Santos e Eduardo Botelho, e ao Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer que investiram neste campeonato e o tornaram realidade. E é claro, aos parceiros da iniciativa privada: Tubarão Sports e Luck Bet. Gratidão a todas e todos", disse Poli Kiesque.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet