Cuiabá, terça-feira, 18/06/2024
17:38:44
informe o texto

Notícias / Geral

16/02/2024 às 12:47

PROCURA

Caça a fugitivos de Mossoró passa de 55h; rastros são encontrados

Força-tarefa policial que “caça” os fugitivos da Penitenciária de Mossoró achou roupas e pegadas que acredita ser de Rogério e Deibson

Metrópoles

Caça a fugitivos de Mossoró passa de 55h; rastros são encontrados

Foto: Reprodução

Mais de 55 horas após a fuga de detentos da Penitenciária Federal de Mossorró, no Rio Grande do Norte – algo sem precedentes no Sistema Penitenciário Federal –, a força-tarefa policial que está no encalço de Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, e Deibson “Tatu” Cabral Nascimento, de 33, concentra as buscas em um raio de 15 km em torno do presídio. Até o momento, as equipes encontraram roupas e pegadas que acreditam ser dos fugitivos e são as pistas colhidas por ora.

Na manhã desta quinta-feira (15), a Polícia Federal (PF) enviou a Mossoró diversos drones, cães farejadores e helicópteros para as buscas dos dois integrantes da facção carioca Comando Vermelho (CV) que fugiram da Penitenciária Federal da cidade. Mais de 300 policiais estão envolvidos na procura.

Os drones, que têm tecnologia avançada e contam com câmera de infravermelho, seguiram em helicóptero da corporação. Por determinação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, foi criada uma força-tarefa com integrantes da PF e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para participar das buscas. As forças policiais do Rio Grande do Norte também estão mobilizadas.

Os policiais acreditam que Rogério e Tatu não avançara muito na fuga, dado o cerco montado para achá-los. Na zona rural de Mossoró, as equipes identificaram pegadas e recolheram roupas, toalhas e lençóis. De acordo com os investigadores, essas peças teriam sido furtadas de uma residência que fica perto da penitenciária.

Intervenção

A fuga inédita levou o Ministério da Justiça e Segurança Pública a tomar procidências. Ainda na noite de quarta-feira (14/2), o ministro Ricardo Lewandowski determinou o afastamento imediato da atual direção da penitenciária potiguar.

Lewandowski nomeou o policial penal federal Carlos Luis Vieira Pires como interventor no presídio, para assumir o comando da unidade. Vieira Pires embarcou para o local, na tarde de quarta, juntamente com o Secretário Nacional de Políticas Penais, André Garcia.

A Penitenciária Federal de Mossoró foi inaugurada em julho de 2009 e está situada em uma área rural no Rio Grande do Norte. Atualmente, 68 presos estão no local.

Rogério e Tatu foram transferidos ao presídio de Mossoró em setembro de 2023. Ambos cumpriam pena no Complexo Penitenciário de Rio Branco, no Acre, e participaram de uma rebelião no Presídio Antônio Amaro Alves que deixou cinco detentos mortos – dentre eles alguns decapitados –, em julho de 2023.

Ligados ao Comando Vermelho, Deibson Nascimento e Rogério Mendonça estiveram “diretamente envolvidos” com a rebelião, segundo o governo local.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet