Cuiabá, sábado, 20/04/2024
12:51:22
informe o texto

Notícias / Polícia

01/04/2024 às 11:56

CORPO JOGADO EM RIO

Jovem é preso por envolvimento em homicídio de vítima esquartejada

O investigada cedeu a residência dele para armar uma emboscada para a vítima

Eloany Nascimento

Jovem é preso por envolvimento em homicídio de vítima esquartejada

Foto: PJC-MT

Um jovem de 20 anos teve o mandado de prisão preventiva cumprido na manhã desta segunda-feira (1), pelo envolvimento no homicídio de João Filho da Silva Amaral de 42 anos, conhecido pelo apelido de ‘Nego João’, ocorrido em Tapurah (a 428 km de Cuiabá). A vítima foi esquartejada após cair em uma emboscada.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homicídio qualificado ocorreu no dia 5 de novembro de 2022, após a vítima ser atraída até a casa, onde foi feita a emboscada, por volta das 02h da madrugada.

As investigações realizadas pelos policiais civis de Tapurah apontaram o envolvimento do investigado na emboscada e homicídio. Ele cedeu sua residência para a ação criminosa.

Diante disso, o delegado do município representou pela prisão preventiva, que foi deferida pela Vara Única da comarca de Tapurah.

A prisão ocorreu no fórum do município, com apoio da Polícia Militar. A equipe de investigação apurou que o criminoso estaria na cidade nesta segunda. Depois da prisão, ele foi encaminhado à carceragem provisória do município, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário para audiência de custódia.

Emboscada e morte

João Filho, conhecido pelo apelido de ‘Nego João’, foi atraído até a casa, onde foi feita a emboscada, por volta das 02h da madrugada. No local estavam outras duas pessoas aguardando a chegada da vítima.

Após executar a vítima, ainda na residência, os criminosos a esquartejaram e depois jogaram o corpo às margens do córrego Barela, em Tapurah.

A Polícia Civil foi comunicada pela ex-mulher da vítima, que informou que procurou João Filho depois dele não retornar à residência que tinha na cidade. 

Os executores do homicídio foram presos preventivamente e indiciados pelo bárbaro crime.

 
Com assessoria/Polícia Civil 
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet