Cuiabá, quarta-feira, 17/07/2024
14:38:58
informe o texto

Notícias / Política

16/04/2024 às 18:03

DEU NO FANTÁSTICO

Após fazendeiro desmatar pantanal com arma de guerra, Sema confirma que investiga crime em outras áreas

Secretária Mauren Lazzaretti fala sobre novos métodos de investigação

Da Redação - Jardel P. Arruda/Da Reportagem Local - Amanda Garcia

Após fazendeiro desmatar pantanal com arma de guerra, Sema confirma que investiga crime em outras áreas

Foto: Reprodução/Rede Globo

A secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, confirmou que o Estado investiga áreas que podem ter cometidos crimes ambientais similares ao fazendeiro  Claudecy Oliveira Lemes, que utilizou 25 agentes químicos para desmatar uma área de 80 mil hectares, similar ao município de Campinas dentro do Pantanal. 

A declaração foi dada na segunda-feira (15), durante evento realizado no Palácio Paiaguás, um dia após o caso de Claudecy ganhar destaque porque foi noticiado no Fantástico, no domingo (14). Entre os produtos químicos, ele  aplicou o 2,4-D, conhecido como Agente laranja, que foi amplamente utilizado como arma na guerra do Vietnã. 

“Estamos sim monitorando e criando novos procedimentos para esse tipo de infração. Os infratores estão diversificando as condutas e o governo do estado também está se preparando para criar esse crivo de crimes específicos pelo monitoramento de satélite, quanto para cruzar com outros dados, como o de aquisição de grande monta de agroquímicos”, afirmou Mauren.

Uma das formas de chegar a Claudecy foi o cruzamento da compra do agente laranja, que é um agroquimíco legalizado, mas que foi utilizado de maneira ilegal. Todas grandes compras, bem como compras em série, devem ser monitoradas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

Mancha no Pantanal

Claudecy Oliveira Lemes é autuado por degradação ambiental no Pantanal desde 2019. Devido ao desmatamento ilegal de 80 mil hectares, o Ministério Público pediu a prisão dele, que foi negada. O MP recorreu. A fazenda passou para um administrador judicial, que terá a missão de organizar o reflorestamento da área.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet