Cuiabá, sábado, 25/05/2024
11:00:35
informe o texto

Notícias / Geral

20/04/2024 às 10:24

BUSCAM JUSTIÇA

Familiares de bebê morto por traumatismo convidam população para protestar em frente a creche particular

A criança morreu com traumatismo craniano sob os cuidados do estabelecimento particular, na tarde de quarta-feira (17)

Eloany Nascimento

Familiares de bebê morto por traumatismo convidam população para protestar em frente a creche particular

Foto: reprodução

Familiares do bebê Vicente Camargo, de 5 meses, estão fazendo um chamamento à população para realizar um protesto na segunda-feira (22), em frente ao Espaço Criança Feliz, no bairro Marajoara, em Várzea Grande. 

A criança morreu de traumatismo craniano sob os cuidados do estabelecimento particular, na tarde de quarta-feira (17). Ele chegou sem vida ao hospital Santa Rita, no município. 

Em decorrência do traumatismo, os familiares acreditam que o berçário tenha mentido sobre Vicente ter se afogado durante a amamentação, e que ele tenha caído, possivelmente, de uma rede.

Amigos, mãe e outros familiares vão se reunir em frente ao espaço, às 13h, na próixima segunda, para clamar por justiça. 






















Sem alvará 

Conforme noticiado anteriormente pelo Leiagora, o espaço não possuía autorização da Prefeitura de Várzea Grande para funcionar.

No documento enviado ao Ministério Público do Estado (MPE), o Conselho Municipal de Educação (CME), afirma que só soube da existência do berçário no final de janeiro, após uma denúncia de maus-tratos contra uma criança de 2 anos e 11 meses.

Consta ainda que o Conselho chegou a notificar a referida creche no dia 5 de fevereiro, mas as proprietárias do estabelecimento não fizeram os procedimentos necessários pafra a regularização.

Nas redes sociais outros pais reclamaram sobre maus-tratos, e até mesmo uma mãe expôs que a creche omitiu que o filho tinha caído. A criança chegou a ser internada com uma fratura externa no cérebro. 

Outro lado

À reportagem, a proprietária do local negou qualquer tipo de maus-tratos, disse  ainda que a mídia é sensacionalista. Além disso, inicialmente, alegou que Vicente já estava doente e não houve nenhuma queda.

“Essa informação não é verídica. Ele estava passando mal”, afirmou dizendo que o bebê não caiu.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet