Cuiabá, domingo, 16/06/2019
16:43:01
informe o texto

Notícias / Ciência, Saúde e Tecnologia

03/06/2019 às 13:55

Vídeos mostram falta de insumos no PS de Cuiabá

Cada um tem que comprar as suas para trabalhar.

Iury Lupaudi

Vídeos feitos com celulares pelos próprios funcionários do Pronto-Socorro de Cuiabá e encaminhados à redação do Leiagora mostram a falta de insumos no estoque da unidade de saúde.

Em um dos vídeos é possível ver que não há luvas para os médicos, enfermeiros ou técnicos trabalharem. 

"Cada um tem que comprar as suas para trabalhar. Se depender do PS nunca tem", disse um enfermeiro, solicitando anonimato.

Outra gravação mostra a falta de gases e faixas para curativos, o que levou os familiares de pacientes a comprarem os produtos para a troca de curativos, denúncia que mostramos semana passada aqui no Leiagora.

Segundo a denúncia, falta ainda medicamentos e o número de seringas está reduzido.

Saiba mais: ​Macas ficam retidas no PS e ambulâncias paradas no estacionamento
​"Tá faltando um monte de coisa", denuncia familiar de paciente do PS que teve que comprar insumos

Outro lado 
 

Sobre as denúncias em relação à falta de medicamentos e insumos no Pronto Socorro, a Secretaria Municipal de Saúde informa:

-As denúncias são falsas. No dia 31/05 o Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos de Cuiabá – CDMIC entregou 8 mil pares de luvas P, 8 mil pares de luvas M e 4 mil pares de luvas G.

-Também foram entregues na mesma data 2 mil seringas de 10 ml e 2 mil seringas de 20ml, além de 51 pacotes de gaze, com 500 unidades em cada pacote.

-Todos os insumos e medicamentos ficam armazenados na farmácia central do Pronto Socorro, que abastece as farmácias satélites. Quando os produtos acabam na farmácia satélite, cabe os funcionários fazerem a reposição.

Vídeo Relacionado

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet