Cuiabá, quinta-feira, 14/11/2019
18:22:50
informe o texto

Notícias / Entrevistas

21/06/2019 às 16:44

‘Tem coisas sagradas que não podem ser alteradas’, diz economista sobre Reforma da Previdência

O economista Vivaldo Lopes falou sobre os reflexos da Reforma da Previdência que está sendo avaliada no Congresso e da Odebrecht para MT

Luana Valentim e Iury Lupaudi

O economista Vivaldo Lopes foi o entrevistado do Leiagora/LTV, nesta semana, onde falou sobre os reflexos da Reforma da Previdência que está sendo avaliada no Congresso e da Odebrecht para Mato Grosso. Veja a entrevista abaixo.
 
‘O governador tem razão. Ele foi um dos que mais lutou para que o projeto nacional já contemplasse, no Congresso, as previdências dos estados e municípios. Por divergências políticas, os deputados retiraram os governadores para depois decidirem se colocam novamente ou não’, disse.
 
Vivaldo ainda avaliou que a reforma nacional é uma questão de necessidade, caso contrário, o país irá quebrar nos próximos 10 anos, provavelmente até antes.
 
‘Tem coisas sagradas que não podem ser alteradas’, afirmou.
 
Quanto a Odebrecht, o economista avaliou que ‘o Governo Federal não tem demonstrado que a infraestrutura de Mato Grosso é prioridade’.
 
‘A Odebrecht teve que entrar em recuperação judicial para não ir à falência’, pontuou.

Vídeo Relacionado

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet