Cuiabá, quinta-feira, 19/09/2019
21:58:10
informe o texto

Notícias / Política

23/07/2019 às 09:45

'Já foram adiantados 30 meses de indenização para pagar salários atrasados dos servidores da Santa Casa'

O secretário disse que o valor corresponde a R$ 10,8 mi e está sendo depositado em uma conta judicial após acordo com o TRT, a Santa Casa e o sindicato

Luana Valentim e Fernanda Leite

'Já foram adiantados 30 meses de indenização para pagar salários atrasados dos servidores da Santa Casa'

Foto: Mayke Toscano

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, avaliou, nesta terça-feira (23), que a reabertura da Santa Casa é um dia histórico para Mato Grosso, principalmente por ser o nascimento do primeiro hospital estadual na capital.

Figueiredo avaliou que essa é uma oportunidade que a população está tendo com um hospital vocacionado a alta complexidade com o atendimento 100% pelo Sistema Único de Saúde financiado pelos Governos Estadual e Federal.

“Os atendimentos iniciam na segunda-feira (29), após a cerimônia começa um protocolo de desinfecção dos ambientes, já que todos serão visitados, a UTI e o Centro Cirúrgico especialmente. Fazemos esse trabalho, já há um planejamento de começar a receber os primeiros pacientes na próxima segunda”, disse.

O secretário informou que, desde o dia 18 estava à disposição do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e do governador, Mauro Mendes (DEM), para fazer este evento.

Esta é a segunda vez que Madetta vem a Cuiabá e agora irá fazer a inauguração do hospital.

‘Daqui para frente resta o desafio de fazer funcionar e atender bem a população’, afirmou.

Figueiredo disse que o governo do Estado adiantou 30 meses de indenização à Sociedade Beneficente da Saúde Santa Casa. O valor corresponde a R$ 10,8 milhões e está sendo depositado em uma conta judicial com um acordo feito com o Tribunal Regional do Trabalho, com a Santa Casa e o sindicato que representa os servidores.

Conforme o secretário, o governo já aportou algo em torno de R$ 7 milhões e será feito mais um depósito nesta quarta-feira (24), até completar o valor total amortizando o atraso de oito meses dos salários dos servidores da antiga Santa Casa.

“Este hospital está estimado o seu funcionamento entre R$ 13 e R$ 15 milhões. Não sei exatamente qual era o custo que existia aqui antes, mas era um hospital que funcionava com, aproximadamente, 700 funcionários”, pontuou.

Figueiredo disse que o novo hospital funcionará com, aproximadamente, 300 funcionários e muitos serviços com pessoas jurídicas. O formato do governo do Estado é mais enxuto, precisando ter mais resolutividade para que cada centavo dos impostos da população seja efetivamente aplicado na finalidade do hospital e na assistência hospitalar.
 
 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Enquete

Você está satisfeito (a) com a gestão do governador Mauro Mendes?

Você deve selecionar uma opção
+enquetes
 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet