Cuiabá, segunda-feira, 16/12/2019
08:52:17
informe o texto

Notícias / Política

20/11/2019 às 09:39

Mendes e Pinheiro mostram como é o 'jeito ariano de ser'

Nascidos no mesmo dia, os governantes sentem dificuldades em esconderem suas emoções

Luana Valentim

Mendes e Pinheiro mostram como é o 'jeito ariano de ser'

Foto: Leiagora

Não é novidade para ninguém as trocas de farpas entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB). Ambos com gênios fortes, orgulhosos e uma pitada de birra. Ok! Muita birra. Mas também pudera já que são arianos e fazem aniversário no mesmo dia, 12 de abril.

A diferença está apenas no ano, já que Mendes é um ano mais velho que Pinheiro. Mas essa faceta de aparentar-se com um anjo e ser, na verdade, bem... deixa para lá, somente um ariano a faz com maestria.

Na noite dessa segunda-feira (19), foi inaugurado 100% - enfim – o Hospital Municipal de Cuiabá. E foi divulgado por diversas vezes na mídia que a maior rixa entre os dois governantes nos últimos dias é a respeito de quem é o pai da unidade hospitalar.

Isso tudo porque o hospital foi planejado e começou a ser construído quando Mendes ocupava o cargo de prefeito de Cuiabá. Após o término do seu mandato e com a eleição de Pinheiro, as obras tiveram continuidade.

Após uma emenda no valor de R$ 100 milhões conquistado no ano passado pelo ex-ministro Blairo Maggi (PP) e o senador Wellington Fagundes (PL) junto ao então presidente Michel Temer (MDB) pelo programa Chave de Ouro, a unidade enfim pôde ser entregue. Claro, precisando de seis inaugurações até que pudesse estar funcionando completamente.

Mesmo Mendes declarando que não estaria presente na inauguração, pasmem, ele foi e ficou ao lado do seu ex-melhor amigo Emanuel Pinheiro. Para quem não lembra, o medebista já foi coordenador da campanha de Mendes em 2012 e tinha livre acesso à prefeitura na época da gestão do democrata.


Em 2016, Pinheiro contou com o apoio da primeira-dama do Estado Virginia Mendes. Já Mauro optou por ficar neutro, para manter a aparência com o então governador Pedro Taques (PSDB), que na época apoiou Wilson Santos (PSDB) e era desafeto político de Emanuel.

Mas como o mundo dá voltas, no palanque montado para a inauguração do Hospital Municipal de Cuiabá quem estava lá e ainda foi homenageado com medalha de honra e mérito dos 30 anos? Pedro Taques. Que hoje é desafeto de Mendes. Inauguração sem emoção? Nem chamem um ariano.

Como se não bastasse todo esse atrito e troca de bicos, os arianinhos não pararam de se alfinetar um só segundo durante a coletiva. O desentendimento da vez: Quantos por cento Mendes deixou da obra do HMC pronta?

Pinheiro afirma que foi 25%, mas Mendes o contrapôs dizendo que foi 30%. Pois é, meros 5% causam um burburinho. Diferenças a parte, o importante é que está pronto e a esperança é que cumpra o seu papel de atender as necessidades da população. Até porque de filho bonito todos querem ser pais.

Mas só para deixar claro, os arianos são uns amorzinhos e esses atritos ocorrem justamente pela dificuldade que sentem em esconderem o que sentem. 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet