Cuiabá, quinta-feira, 02/04/2020
02:23:25
informe o texto

Notícias / Agro e Economia

17/02/2020 às 17:15

Piscicultura brasileira fecha 2019 com produção 5% maior, diz levantamento

O Brasil é o 4º maior produtor de tilápia, espécie que representa 57% da produção nacional

Leiagora

Piscicultura brasileira fecha 2019 com produção 5% maior, diz levantamento

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A produção da piscicultura brasileira cresceu 4,9% em 2019, para 758.006 toneladas. Dados do Anuário Peixe BR, divulgados nesta segunda-feira (17), mostram que o Brasil é o 4º maior produtor de tilápia, espécie que representa 57% da produção nacional.

"O resultado é positivo, porém poderia ter sido melhor. A grande oferta de tilápia no segundo semestre de 2018 e primeiro de 2019 fez com que o produtor reduzisse o povoamento, levando à escassez do produto na segunda metade do ano passado", disse em nota o presidente executivo da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR) e responsável pelo anuário, Francisco Medeiros.

Nos últimos seis anos (período de levantamento da Peixe BR), a produção de peixes de cultivo no País saltou 31%, de 578.800 toneladas em 2014 para 758.006 toneladas em 2019.

O levantamento da Peixe BR revelou que a produção de peixes nativos se estabilizou em 2019, com aumento de apenas 20 toneladas na produção, atingindo 287.930 toneladas.

Conforme o levantamento, entre 2018 e 2017 a produção nacional de peixes nativos, liderada pelo tambaqui, recuou 4,7%. "Com o resultado de 2019, os peixes nativos passaram a representar 38% na produção total, recuando quase dois pontos percentuais em relação aos 39,84% do ano anterior", diz a Peixe BR.

Ainda conforme o levantamento, a Região Sul ampliou sua participação na piscicultura, alcançando 30,3% da produção total em 2019, ante 27,5% no ano anterior. Em seguida, vêm as regiões Norte (20%), Nordeste (18,35%), Sudeste (16,8%) e Centro-Oeste (14,55%).

Ao contrário do Sul, todas as demais regiões perderam espaço. O maior recuo foi do Centro-Oeste. Em termos de produção, o Sul avançou 15,51% em 2019. O Nordeste (3,46%) e o Sudeste (2,58%) também cresceram no ano passado. Centro-Oeste (-2%) e Norte (-0,6%) perderam espaço.

No ano passado, as exportações do setor avançaram 26%, para 6.543 mil toneladas. "Entre 2015 e 2019, as exportações da piscicultura brasileira apresentaram crescimento de 833%", disse a Peixe BR.
Estadão Conteúdo

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet