Cuiabá, sexta-feira, 10/07/2020
11:59:37
informe o texto

Notícias / Geral

18/05/2020 às 17:30

Só vai voltar ao normal se a covid-19 estiver totalmente controlada, avisa Emanuel

Prefeito explicou que a ideia era retomar bares, restaurantes e shoppings nessa semana, mas avanço do coronavírus adiam retomada

Camilla Zeni

Só vai voltar ao normal se a covid-19 estiver totalmente controlada, avisa Emanuel

Foto: Secom

É grande a pressão sobre o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), para que bares, restaurantes e shoppings voltem a abrir as portas na Capital. A associação do segmento, Abrasel, defende que os espaços não vão ser proliferadores do novo coronavírus. As declarações, porém, não são suficientes para mudar entendimento do prefeito.

De acordo com o prefeito, o planejamento inicial era que os bares e restaurantes pudessem voltar às atividades a partir do dia 17 de maio, de forma gradativa, assim como outros setores locais. No entanto, a normalidade dos serviços estava condicionada ao número de casos de coronavírus em Cuiabá e a capacidade de atendimento no sistema de Saúde. 

Na última semana, conforme dados do governo do Estado, Cuiabá saltos dos 192 casos confirmados de covid-19 (doença causada pelo vírus) para 274. Os números consideram os casos registrados de 11 a 17 de maio.

No mesmo intervalo de tempo Cuiabá saltou de 72 para 143 o número de pacientes em monitoramento, sendo que, no mesmo período, apenas 11 pessoas se recuperaram da doença.

Ao comentar sobre a possibilidade de liberação dos novos setores, o prefeito considerou os números e lembrou que o pico de infecção por coronavírus ainda está por vir. Por isso ele não deve liberar o retorno de bares e shoppings nos próximos dias.

"Não é uma vontade pessoal minha, nós estamos numa pandemia. É a saúde e a vida das pessoas que estão em jogo. Hoje teve mais um óbito, temos vários casos suspeitos, começo do pico. Final de maio, junho, é o pico da pandemia. A gente precisa ter essa compreensão", disse, em entrevista à rádio Vila Real, na manhã desta segunda-feira (18).

O prefeito garante que as medidas adotadas em Cuiabá tem rendido à Cuiabá o topo do ranking de capitais com menos casos da pandemia, que já atingiu mais de 4 milhões de pessoas pelo mundo. 

"Eu preciso que a população entenda. Não é minha vontade pessoal, é minha responsabilidade como gestor e prefeito de Cuiabá. Só vai voltar ao normal se a covid-19 estiver totalmente controlada. Senão não tem como voltar", garantiu. 

Reabertura
Os bares e restaurantes, assim como os shoppings centers, estão fechados desde 21 de março, quando o governo de Mato Grosso determinou a suspensão de atividades que não eram consideradas essenciais. 

A presidente da Abrasel-MT, Lorena Bezerra, defende que os restaurantes reabram com pelo menos 30% da capacidade de atendimento. Ela garantiu, na semana passada, que os restaurantes não vão agravar a situação, como se especula. 

Lorena também lembrou que os pequenos e médios empresários não vão conseguir se recuperar, caso não reabram as portas em breve. A Abrasel promove uma campanha pedindo a reabertura dos estabelecimentos.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet