Cuiabá, quinta-feira, 25/02/2021
20:59:01
informe o texto

Notícias / Turismo

22/02/2021 às 15:33

Secretária de Cultura quer 'abrir mercado' sem deixar de preservar identidade cultural

Carlina garantiu que vai buscar apoio da sociedade civil, de empresários e deputados para garantir a valorização e crescimento da cultura de Cuiabá

Entretê

Secretária de Cultura quer 'abrir mercado' sem deixar de preservar identidade cultural

Foto: Assessoria

A nova secretária de Cultura de Cuiabá, Carlina Jacob, iniciou os trabalhos e adiantou que quer transformar a situação do setor cultural de Cuiabá neste momento de pandemia, fomentando o consumo da cultura tradicional cuiabana, acompanhando o desenvolvimento da capital e do setor tecnológico na área de entretenimento.

Carlina participou de uma reunião de transição na sexta-feira (19), e na ocasião, foram apresentadas à nova gestora os principais projetos da pasta, como entrega do Dutrinha, Beco do Candeeiro, Aniversário de Cuiabá e recuperação do Centro Histórico. Diante dos desafios apresentados, Carlina garantiu que vai buscar apoio da sociedade civil, de empresários e deputados para garantir a valorização e crescimento da cultura de Cuiabá, garantindo o fomento do setor neste momento de pandemia.

“Se você não cria memórias, perde-se o sentido das coisas. Precisamos ter um carinho com a nossa cultura para que ela não se perca. E por isso é tão importante essa determinação do prefeito Emanuel Pinheiro em preservar nosso Centro Histórico”, pontuou Carlina Jacob.

A empresária, inclusive, adiantou que um dos desafios será manter a 
identidade cultural, mas também abrir-se ao mercado tecnológico, moderno. "Precisamos entender que a cultura pode ser uma grande indústria para a cidade, de rentabilidade e vamos trabalhar nesse aspecto", afirmou. 

Dentre as ações da Pasta está a recuperação do Centro Histórico, que é uma prioridade do prefeito Emanuel Pinheiro. Em 2019, a gestão comandou a restauração e/ou revitalização de 10 equipamentos históricos do Centro de Cuiabá, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – Cidades Históricas: entorno do Casarão do Beco Alto, praça Senhor dos Passos, praça Largo Feirinha da Mandioca, praça Caetano Albuquerque, praça Dr. Alberto Novis, Museu da Imagem e do Som MISC, chafariz do Mundéu, Obelisco da praça Luis de Albuquerque, estátua de Maria Taquara, primeira etapa de restauração da Casa de Bem-bem.

No momento, encontram-se em fase de aprovação de projeto pelo Iphan para continuação do restauro dos seguintes equipamentos: Casa Procon, Igreja Senhor dos Passos, Casarão da Funai.

Em fevereiro, a Secretaria de Cultura também realizou, em regime emergencial, o escoramento do Casarão 179, na Rua Campo Grande. O imóvel é privado e está em processo de doação para o município.
Com informações da Prefeitura de Cuiabá 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet