Cuiabá, sábado, 25/05/2024
04:08:40
informe o texto

Notícias / Entrevista

22/04/2024 às 17:15

SERTANEJO FEMININO

Conheça dupla sertaneja do CPA II que está fazendo sucesso nas noites cuiabana

A paixão pela música surgiu quando elas ainda eram crianças, já que tiveram influências artísticas desde de pequenas na família

Gabriella Arantes

Conheça dupla sertaneja do CPA II que está fazendo sucesso nas noites cuiabana

Foto: Divulgação

A música sertaneja feminina tem ganhado mais força e evidência nas playlists dos apaixonados pelo gênero. Há sete anos, as irmãs Taila & Talita, 26 e 25 anos, estão nesse meio e fazem sucesso nas noites cuiabana.

Em entrevista ao Entretê, as artistas contam que foram criadas no bairro CPA II, em Cuiabá. A paixão pela música surgiu quando elas ainda eram crianças, já que tiveram influências artísticas na família.

Além da música sertaneja, o repertório do show da dupla também é composto por outros ritmos, como o samba e o pagode.

“O nosso público é muito diferenciado, existem todos os tipos de gostos. Nós temos uma banda massa para caramba que acompanha a gente nos shows e nas viagens”, disse Taila.

Durante o bate-papo, as cantoras também contaram sobre os projetos musicais. Em um deles, elas gravammúsicas antigas que fizeram sucesso no país e publicam o videoclipe uma vez por semana nas redes sociais.

Confira a entrevista completa do quadro“A História Por Trás do Artista”:

Entretê - Como começou a paixão de vocês pela música?

Talita - Eu comecei desde pequena, quando ainda éramos crianças. Nós gravamos uma música, ela com sete e eu com oito anos. A paixão pela música começou na família, despertou muito isso na gente e não tínhamos como fugir da linha familiar. A minha família inteira sempre cantou na igreja, meus avós, tanto da parte materna quanto da parte materna, sempre cantaram e meus pais também. Meu pai começou a participar de uma dupla sertaneja há nove anos. Depois disso, ele encerrou a dupla e eu e a minha irmã nos encantamos com isso e foi daí que a gente deu partida na carreira.

Entretê - Vocês têm projetos musicais? Quais são?

Taila - Nós já gravamos um EP com cinco músicas. Mas na realidade não foi lançado, porque a gente não gostou muito e não publicamos. Mas existem algumas músicas autorais que cantamos no show que são: “Solteira e Soltinha” e “Lua”.




Entretê - O que o público pode esperar na apresentação de vocês? Como é o repertório?

Taila - A gente tenta agradar ao máximo. Então, a gente faz de tudo um pouquinho: fazemos sertanejo universitário, modão e até pagode, porque o nosso público é muito diferenciado, existem todos os tipos de gostos. Nós temos uma banda massa para caramba que acompanha a gente nos shows e nas viagens.

Entretê - Como vocês enxergam o cenário sertanejo feminino em Mato Grosso? Enfrentam desafios?

Taila - Hoje em dia a gente vê que não existem tantas mulheres cantando, mas é bem mais do que no passado. Mas hoje existe um carinho imenso e um respeito por nós. É muito bacana isso e eu gosto de caramba. É um trabalho bem complicado, vou ser sincera com você, mas gostamos do que fazemos.

Entretê - Quais são os projetos para o futuro? Pretendem gravar um EP?

Talita - A gente pretende gravar as nossas composições e também estamos produzindo um projeto que se chama “TBTeT”. Nós gravamos músicas antigas que fizeram sucesso. Mas não é só no sertanejo, fugimos um pouquinho para buscar e agradar o público. Tanto que a primeira música que nós postamos do “TBTeT” foi a música “Clichê”, que é um pagode do Sorriso Maroto. O pessoal está gostando muito disso e estamos tendo retorno.

Entretê - Vocês acreditam que é possível viver de música aqui em Cuiabá?

Talita - Sim, nós vivemos de música. O pessoal da banda também. Não é um trabalho fácil, é complicado, tem que ter disposição e compromisso. Mas dá certo sim, com certeza. Nós somos as nossas próprias patroas. No cenário feminino havia muito desrespeito antigamente, mas hoje em dia por ter tantas mulheres em Mato Grosso e em Cuiabá existem muito respeito, tanto com a dupla quanto com outras mulheres amigas nossas. Há um respeito e admiração muito grande dos fãs e de outros artistas também.

Entretê - O que vocês sonham para o futuro?

Talita - Eu acho que todo o desejo do artista ele anseia pelo sucesso, não só ficar no estado. Claro que nós vamos permanecer aqui, mas nós buscamos outros estados. Tem até projetos futuros, já que está marcado para Taila & Talita no Rio Grande do Sul. E aí vai, Mato Grosso do Sul, Goiás e vamos para o país todos. Se Deus quiser até para fora.

Entretê - Como vai funcionar esse projeto em Mato Grosso do Sul?

Taila - Esse é um projeto que estamos planejando há alguns dias e estamos fazendo tudo para que dê certo. A gente já passou uma temporada em Mato Grosso do Sul e ficamos uma semana lá e uma semana aqui. Lá nós queremos fazer algo diferenciado porque não existem muitas mulheres cantando nesse ramo. Será muito legal e as pessoas vão gostar muito.






Clique AQUIentre no grupo de WhatsApp do Entretê e receba notícias de Cultura e programações artísticas.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet