Cuiabá, sábado, 19/06/2021
21:38:52
informe o texto

Notícias / Política

10/06/2021 às 10:05

Entrada de Cidinho no PSL pode impactar na candidatura de Neri ao Senado

Pesquisa interna deverá ser responsável por definir qual dos nomes será lançado para as eleições de 2022

Camilla Zeni

Entrada de Cidinho no PSL pode impactar na candidatura de Neri ao Senado

Foto: Reprodução

A entrada do ex-senador Cidinho Santos no PSL pode trazer mudanças no lançamento da candidatura do deputado federal Neri Geller (Progressistas) ao Senado. Isso porque Cidinho é cotado como um nome igualmente forte para a disputa, caso o grupo político de Blairo Maggi (Progressista) e Mauro Mendes (DEM) assim decida.

De acordo com o presidente do partido, Aécio Rodrigues, a chegada do ex-senador foi estratégica para que a sigla tenha um nome para disputar qualquer cargo majoritário. 

Cidinho foi coordenador da campanha de Mauro Mendes em 2018 e tem percorrido o estado em lançamento de obras com o gestor. Além disso, também tem bom trânsito com o Democratas, seu partido anterior, com o Progressistas e o Republicanos. Por outro lado, Neri também tem grandes articulações e contaria com o apoio do ex-governador Blairo Maggi. 

“Temos um diálogo muito bom com o Neri. Temos que aguardar. Ele está iniciando para ver se a candidatura dele decola. Caso o Neri desista, numa hipótese, a gente teria o Cidinho como candidato ao Senado, se tiver aval de todo o grupo”, avaliou Aécio em entrevista à imprensa nessa quarta-feira (9).

Apesar das articulações para que Cidinho assuma a disputa para o Senado, o ex-senador também é cotado para ser vice na chapa de reeleição de Mauro Mendes. Os rumores aumentaram após a nomeação de Aécio para chefiar o Escritório de Representação de Mato Grosso em Brasília (Ermat) nesta semana. 

“É uma pessoa apta e está à disposição de todo o grupo. Essas conversas vão se afunilar ano que vem”, respondeu Aécio, que afirmou que não teria problemas em fazer composição com os partidos. Ele garantiu que hoje o partido vai estar em uma disputa majoritária, seja de suplente ou ocupando espaço de protagonista. 

Uma pesquisa interna deve ser a responsável por definir qual dos nomes será lançado para as eleições de 2022.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet