Cuiabá, quarta-feira, 29/05/2024
13:58:06
informe o texto

Notícias / Política

24/04/2024 às 10:11

FIM DA AMIZADE

Vice de Abílio na eleição de 2020, Wellaton escanteia aliado e declara apoio a Botelho

O ex-vereador destacou que o próximo prefeito precisará estar alinhado com Mauro e o nome colocado hoje é do presidente da ALMT

Leiagora

Vice de Abílio na eleição de 2020, Wellaton escanteia aliado e declara apoio a Botelho

Foto: Assessoria

Ao que parece o deputado federal Abílio Junior (PL) perdeu os seus fiés escudeiros, que estiveram com ele na campanha majoritária de 2020. Recém-filiado ao PRD, o secretário-adjunto de Estado de Turismo, Felipe Wellaton (PRD), confirmou apoio ao deputado estadual Eduardo Botelho (União) na corrida pelo comando do Palácio Alencastro no pleito deste ano.

Para ele, é importante que o novo gestor da Capital tenha apoio do Governo do Estado, como é o caso de Botelho. Isso, porque em seu entendimento, apenas com esse “respaldo” é que o novo prefeito conseguirá tirar Cuiabá do buraco.

“Cuiabá está com R$ 1,2 bilhão de dívida, portanto, na minha visão, para ajustar Cuiabá precisa do governador. Hoje, sinceramente, eu vejo com muita clareza que o nome do Botelho é o colocado pelo governador, e para ter gestão tem que ser um governo alinhado com o prefeito”, afirmou durante entrevista à Rádio Capital, na tarde dessa segunda-feira (23). 

Wellaton, que disputou à vice-prefeitura em 2020 ao lado de Abilio Brunini (PL), destacou que antes mesmo de Botelho ter sido definido como pré-candidato já defendia que quem ganharia na capital é quem tivesse o apoio do governo, e agora segue com a convicção de que Botelho é a melhor escolha. 

O ex-vereador atuou na Câmara de Cuiabá entre 2017 e 2020 e fez dura oposição ao prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), com diversas denúncias geradas por fiscalização nos órgãos públicos da capital. Em 2022, disputou para deputado federal pelo Republicanos e obteve 26.544 votos.

Wellaton não é o primeiro aliadode Abílioa pular do barco. Outro que também preferiu caminhar com Botelho e, inclusive, se filiou ao União Brasil para disputar a eleição para vereador é Marcelo Bussiki. O ex-parlamentar disputou a eleição como candidato a vice de Roberto França na eleição de 2020, mas sempre fi amigo particular do congressista.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet