Cuiabá, sábado, 20/07/2024
15:42:55
informe o texto

Notícias / Política

02/05/2024 às 15:08

PEDIU PRA SAIR

Chico culpa Edna por possível nulidade de processo contra prefeito: 'A responsabilidade é dela'

A primeira oitiva da Comissão Processante que investiga Emanuel Pinheiro (MDB) na Câmara foi cancelada e a procuradoria foi acionada

Marina Martins

Chico culpa Edna por possível nulidade de processo contra prefeito: 'A responsabilidade é dela'

Foto: Reprodução

A primeira oitiva da Comissão Processante que investiga o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na Câmara de Cuiabá, que estava marcada para esta sexta-feira (3), foi cancelada. O motivo foi o pedido da vereadora Edna Sampaio (PT), membro da comissão, para deixar os trabalhos. A parlamentar petista afirmou que os demais membros do grupo estão cometendo falhas propositais a fim de favorecer o chefe do poder Executivo.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Chico 2000 (PL) argumentou que a saída da parlamentar pode inviabilizar a continuidade do processo.

“Qualquer ato que você pratica entre dois membros e, posteriormente, convoca o terceiro membro, ele não sabe do que foi tratado, o depoimento que foi feito, as explicações que foram trazidas. Nós incorremos numa possibilidade de tornar tudo que foi feito até aqui nulo, em razão de qualquer possibilidade de saída de um vereador, de troca do vereador da comissão”, explicou à imprensa nesta quinta-feira (2).

Chico esclareceu que o rito para formar uma comissão processante obedece a um decreto, que estabelece o sorteio de três vereadores: presidente relator e membro. O decreto não prevê suplentes.

“Nós encaminhamos o pedido da vereadora Edna para a procuradoria, para que a procuradoria nos fale como proceder. Para que não possa estar nascendo aí qualquer prática de um ato nulo e que poderá promover a suspensão de todo o processo”, afirmou.

O presidente ainda fez questão de deixar claro que se o processo for anulado, a culpa será de Edna.

“Qualquer possibilidade de nulidade em razão da saída dela da comissão, se houver essa nulidade, a responsabilidade é dela. A responsabilidade é dos membros da comissão, né?”, concluiu.
Clique aqui, entre na comunidade de WhatsApp do Leiagora e receba notícias em tempo real.

Siga-nos no Twitter e acompanhe as notícias em primeira mão.


 

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Sitevip Internet