Cuiabá, quinta-feira, 12/12/2019
10:29:04
informe o texto

Notícias / Polícia

25/06/2019 às 16:56

Policiais Militares salvam criança engasgada em Pontes e Lacerda

A criança estava sendo amamentada quando se engasgou com o leite materno e parou de respirar.

Leiagora

Policiais Militares salvam criança engasgada em Pontes e Lacerda

Foto: PMMT

Foi nos braços de um policial militar que um bebê, de apenas oito dias de vida, voltou a respirar, depois de se engasgar com o leite materno na noite desta segunda-feira (25.06), no município de Pontes e Lacerda.

A criança estava sendo amamentada quando se engasgou com o leite materno e parou de respirar. Os pais do bebê acionaram a Polícia Militar via 190, dando início a um grande trabalho em equipe. O soldado PM Leonardo, que tem formação em enfermagem, foi o primeiro a atender o pai da criança. Por telefone, o militar passou orientações para o socorro necessário até que policiais militares e bombeiros chegassem ao local.   

O cabo Ronison Alves e o soldado Rezende foram os primeiros a chegar à residência da família. Ronison conta que a mãe da criança estava chorando na porta de casa e que o pai estava sentado no sofá, com o recém-nascido no colo e o celular no viva-voz seguindo as orientações de primeiros socorros.

“O pai estava realizando massagens nas costas do recém-nascido. Neste momento, peguei o bebê do pai e dei continuidade às massagens. De repente, observei que ele havia começado a responder aos procedimentos, mexendo as mãozinhas e voltando à consciência. O sentimento de ver o bebê reagindo aos procedimentos foi de muita satisfação e felicidade, graças a Deus,  tudo deu certo ”, diz, emocionado, o cabo Ronison.

Logo em seguida, uma equipe da Força Tática chegou à residência da família e os policiais militares entregaram a criança aos cuidados do Corpo de Bombeiros, que também chegou ao local. A criança foi encaminhada ao hospital Vale do Guaporé para observação médica e passa bem.

Para o cabo Marcelo Rosa de Moraes, que participou do atendimento, esta ocorrência foi diferente e emocionante. “Não tem algo mais gratificante do que ver a criança respirar de novo, foi um alívio para equipe toda. Quando ela chorou a gente ficou muito emocionado. Nós, policiais da Força Tática, somos operacionais, atuamos com ações ostensivas diárias, não foi nada fácil, mas fizemos o procedimento certo, ficamos calmos e, graças a Deus, o bebê ficou bem”, conta o cabo.

O comandante do 12º Comando Regional de Pontes e Lacerda, coronel Edgar Maurício, conta que o final feliz da ocorrência, somado à confiança dos pais à PM, traz grande satisfação à tropa da cidade. “Essa ocorrência demonstra o comprometimento dos policiais militares e a confiança da população na Polícia Militar. Porque ao se deparar em uma situação delicada dessa os pais ligaram para o 190 e confiaram nos policiais. Nós estamos sempre prontos e preparados para qualquer situação que a população necessita”, diz o coronel.  
 
Com informações da Assessoria, Greyce Lima, PMMT

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet