Cuiabá, segunda-feira, 30/03/2020
05:40:20
informe o texto

Notícias / Geral

25/03/2020 às 12:45

MTI estabelece normas de funcionamento durante Situação de Emergência no Estado

Foram criadas regras para jornada de trabalho, teletrabalho, atendimento, entre outras atividades para o melhor funcionamento da empresa no período

Leiagora

MTI estabelece normas de funcionamento durante Situação de Emergência no Estado

Foto: Marcos Vergueiro/Secom

A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) definiu normas para os empregados em teletrabalho durante a quarentena da COVID-19, nesta terça-feira (24.03). A regulamentação foi realizada por meio da Portaria nº 34/2020, que estabeleceu regras para modalidade além de outras providências para o período da pandemia.

Em virtude do Decreto estadual nº 407, de 16 de março de 2020, que dispõe de medidas emergenciais para conter a pandemia do coronavirus (COVID-19) e o Decreto nº 420, de 23 de março de 2020, que declarou situação de emergência em Mato Grosso, a MTI já vinha adotando uma série de medidas preventivas. Contudo, para otimizar a execução das atividades e entregas neste período, a empresa optou por emitir uma portaria interna.

Jornada de trabalho

A portaria define dois tipos de regime de trabalho durante o período da crise: teletrabalho e/ou revezamento.

Conforme o Art. 6º da portaria, todos os empregados públicos que pertencem ao grupo de risco irão executar suas atividades em regime de teletrabalho. Enquadram-se nesta categoria os seguintes casos:

Os empregados públicos com mais de 60 (sessenta) anos; pessoas com diabetes; hipertensos; com insuficiência renal crônica; com doenças respiratórias crônica; com doença cardiovascular; com câncer; com doença autoimune ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico; além de gestantes e lactantes.

Excetuando os trabalhadores pertencentes ao grupo de risco, a Diretoria Executiva decidirá quanto à necessidade da presença física de empregado nas respectivas unidades administrativas, desde que garantida a preservação do funcionamento dos serviços considerados essenciais e prioritários.

Os empregados públicos em regime de teletrabalho deverão registrar as atividades executadas diariamente, as quais também deverão ser validadas pelo superior imediato.

Quarentena

Os empregados Públicos e empregados de empresas terceirizadas que prestam serviços no âmbito da MTI e que tenham retornado de viagem de áreas endêmicas do Brasil ou dos países monitorados que estão catalogados no portal do Ministério da Saúde ficarão em quarentena.

O período de quarentena será de 14 (quatorze) dias, contados a partir do dia do retorno de viagem aos países ou áreas endêmicas dos Estados.

Para análise da necessidade de quarentena, os interessados deverão enviar à Gerência de Qualidade de Vida documentos que comprovem as localidades visitadas, previamente ao retorno ao trabalho.

Ponto

O ponto eletrônico, que já estava temporariamente suspenso desde quarta-feira (18.03), seguirá suspenso. O ponto será preenchido de maneira manual durante este período.

Atendimentos

Atendendo ao decreto estadual, a MTI permanecerá com o horário de funcionamento entre as 7h30 e 13h30.

Todos os atendimentos ao público de forma presencial estão suspensos na MTI. Se o atendimento presencial for estritamente necessário, deverá ser agendado pelo e-mail: central de atendimento@mti.mt.gov.br ou telefone (65) 3613-3075.

A Ouvidoria também irá funcionar de maneira virtual durante este período. Todos os atendimentos podem ser realizados por meio das seguintes formas:

e-mail: ouvidoria@mti.mt.gov.br / marareis@mti.mt.gov.br

Telefones: (65) 996756131 / (65) 996892549

Sistema da Ouvidoria Fale Cidadão - https://ouvidoria.controladoria.mt.gov.br/falecidadao/

O mesmo também vale para os atendimentos da Unidade de Recursos Humanos que será feito de forma online neste período. Para entrar em contato com o RH utilize:

E-mail: qualivida@mti.mt.gov.br

Telefone: (65) 3613-3075

Intranet: http://portalrh.mti.mt.gov.br:8090/pp/W_PWSX010.APW

Férias e licenças

Para auxiliar no período de quarentena, a MTI decidiu liberar os empregados que tiverem adquirido direito a licença-prêmio por assiduidade ou estejam com férias em aberto. O levantamento do número de empregados que possuem essa condição já está sendo realizado pela Unidade de Gestão Administrativa.

Eventos

Os eventos presenciais organizados e realizados pela MTI seguirão suspensos enquanto durar o decreto estadual. Entre as atividades suspensas estão: realização de eventos; visitas de alunos de escolas; viagens e reuniões presenciais que não sejam imprescindíveis para as atividades ordinárias da MTI; entrada de público externo; e visitação pública.

 
Gustavo Nascimento | MTI

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet