Cuiabá, segunda-feira, 21/09/2020
01:45:24
informe o texto

Notícias / Judiciário

10/08/2020 às 18:49

100 mil mortes: MP culpa discurso negacionista e comportamento inadequado de altas autoridades

O Brasil é o segundo país com maior número de vítimas fatais da doença e isso “poderia ter sido evitada”, afirma o órgão ministerial.

Eduarda Fernandes

100 mil mortes: MP culpa discurso negacionista e comportamento inadequado de altas autoridades

Foto: MPMT

O Ministério Público Estadual (MPE) emitiu nota manifestando solidariedade aos familiares e amigos dos mais de 100 mil brasileiros mortos pela covid-19. O número foi atingido no sábado (8). O Brasil é o segundo país com maior número de vítimas fatais da doença e isso “poderia ter sido evitada”, afirma o órgão ministerial.

“Desde o surgimento da pandemia e antes mesmo do registro dos primeiros casos no Brasil, o Ministério Público, lastreado pelas recomendações das autoridades sanitárias, já defendia e cobrava do Governo Federal, governos estaduais e municipais a adoção de ações firmes, efetivas e responsáveis, baseadas na ciência, que teriam evitado a perda de tantos brasileiros e a dilaceração de tantas famílias”, diz trecho da nota.

O MPE pontua que a subestimação da alta capacidade de disseminação do novo coronavírus, somando ao discurso negacionista da gravidade da doença, ao comportamento público inadequado de altas autoridades estimulando o não cumprimento do distanciamento social e do uso de máscara “estão, sem dúvida, entre as causas dessa tragédia que deixa o país em luto”.

“O Ministério Público de Mato Grosso reafirma seu compromisso de continuar vigilante, cobrando a atuação eficiente dos entes públicos, propondo ações de responsabilização daqueles que se omitem ou contrariam as normas sanitárias, para que essa triste e lamentável marca de 100 mil mortes pela covid-19 não se transforme numa tragédia humanitária de proporções ainda mais devastadoras”, conclui.

Números de Mato Grosso
De acordo com o Painel Covid-19 da Secretaria de Estado de Saúde (SES), nesta segunda-feira (10) Mato Grosso registra 63.346 casos confirmados da doença, além de 2.204 mortes.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet