Cuiabá, terça-feira, 20/10/2020
10:12:22
informe o texto

Notícias / Política

20/09/2020 às 09:00

Medeiros diz que Mauro adota 'filosofia de Homer Simpson' e terceiriza culpas

Para o parlamentar, o governador tem culpa direta com a situação alarmante do Pantanal, que enfrenta o maior período de queimadas da década.

Camilla Zeni

Medeiros diz que Mauro adota 'filosofia de Homer Simpson' e terceiriza culpas

Foto: Reprodução

O deputado federal José Medeiros (Podemos), candidato ao Senado, criticou a postura do governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), em relação ao combate às queimadas que acometem o estado há, pelo menos, dois meses. Para o parlamentar, o governador tem culpa direta com a situação alarmante do Pantanal, que enfrenta o maior período de queimadas da década.

O parlamentar, que se lançou na disputa pela vaga de senador, a ser preenchida com eleição no dia 15 de novembro, avaliou que Mauro costuma tirar de si as responsabilidades, até mesmo nesse cenário. Ele também alfinetou o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, comentando que os dois são quase “uma entidade”, dificultando saber quem é o real governador.

“Os Mauros têm a filosofia do Homer Simpson: a culpa é minha e eu ponho onde eu quiser. Nunca a culpa é deles. Mas quando você assume o governo do estado, você é o responsável. É o responsável pela condição da saúde e por tudo no estado”, criticou Medeiros, ao ser questionado pela imprensa sobre a atuação do Estado. 

Medeiros observou que, assim como com a questão do Veículo Leve sobre Trilhos, e com a saúde diante da pandemia da covid-19, Mauro tem tentado terceirizar a responsabilidade sobre as queimadas, exigindo também que o governo federal atue para minimizar o problema. 

Em entrevistas recentes, o governador provocou gestores municipais ao observar que “nem todas as prefeituras estão ajudando” o estado a combater as queimadas. Ele lembrou que, quando prefeito, colocava brigadistas à disposição, para auxiliar nos trabalhos na baixada cuiabana. 

Ele também cobrou uma posição do governo federal, que já enviou ao menos três ministros para acompanhar a situação dos incêndios no estado. Em relação a isso, Medeiros destacou que, após receber pedido de socorro de produtores do pantanal, articulou com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e conseguiu chamar a atenção para o caso e recursos financeiros.

“Mauro é diretamente responsável pelo que está acontecendo com a fauna e com a nossa flora. Quando começaram os incêndios, produtores do pantanal me ligaram e falaram que só tinha 14 bombeiros, não tinha máquina, caminhão pipa e nem água para beber. Os bombeiros estavam sem nada. Os produtores estavam gostando 12 mil reais por semana. Falei com o ministro do Meio Ambiente e ele garantiu que ia transferir R$ 10 milhões”, comentou o deputado.

“Mauro é diretamente responsável pelo que está acontecendo com a fauna e com a nossa flora. Quando começaram os incêndios, produtores do pantanal me ligaram e falaram que só tinha 14 bombeiros, não tinha máquina, caminhão pipa e nem água para beber. Os bombeiros estavam sem nada. Os produtores estavam gostando 12 mil reais por semana. Falei com o ministro do Meio Ambiente e ele garantiu que ia transferir R$ 10 milhões”, comentou o deputado.

Nesta quarta-feira (16), o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, esteve em Mato Grosso para avaliar a situação. Ele também anunciou a liberação da verba mencionada por Medeiros, mas reconheceu “um grande esforço” por parte do Estado.

“O governo do estado já fez um grande esforço considerável e vai continuar a fazer na questão dos brigadistas, equipamentos, na contratação de horas de voo, do planejamento do combate ao incêndio, na regimentação e organização das diversas entidades. Agora passa ter apoio mais decisivo do governo federal. Estamos aportando recursos através da Defesa Civil, para que esse combate seja potencializado”, destaca.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

 
Em parceria com Engaje Sitevip Internet